Os paraísos estão em extinção. E a culpa é nossa.

O planeta está cheio de lugares incríveis, mas essa beleza está com os dias contatos. Os paraísos estão em extinção. A menos que a consciência ecológica mude – e isso também depende de você.

Era o destino mais esperado da nossa passagem pela Indonésia. Era pra ser o passeio do qual passaríamos dias comentando com os amigos e renderia inúmeros posts para o blog. Mas quando chegamos às Gili Islands, na Indonésia, ficamos tristes e bastante decepcionados.

Não me entenda mal. As Gili Islands são lindas. Se existe um Deus superior, ele realmente estava com inspiração mode on quando criou aqueles 3 pedacinhos de terra e adicionou água em tons inimagináveis ao redor.

Os paraísos estão em extinção. E a culpa é nossa.
Gili Islands – O paraíso é aqui

O que nos decepcionou em Gili foi o impacto ambiental que estamos causando ali. Lixo por todo lado: na areia da praia, na água azul do mar, nas ruas. E a situação é ainda pior quando vamos para o centro da ilha, onde encontramos pilhas de lixo.

Reconhece essa descrição de outro local? A cena se repete em muitos e muitos destinos pelo Brasil e mundo afora. Quanto mais recente o boom turístico, mais impactante costuma ser.

Os paraísos estão em extinção. E a culpa é nossa.
Lixo em Gili Islands

Como estamos destruindo os paraísos

Você já parou para notar a quantidade de lixo que produzimos no dia a dia? Mesmo aquilo que jogamos educadamente nos cestos acaba parando numa pilha de lixo em algum lugar. Afinal, dentro do nosso planeta, não existe essa de jogar lixo fora. Para onde isso tudo vai? Você já se perguntou sobre isso? Isso, sem nem falar dos turistas sem noção, que deixam seus rastros por todo lado.

Somos nós quem estragamos o paraíso. Nós, turistas, ao criar uma oportunidade de negócio que os locais exploram a qualquer custo. Exploram sem nenhum preparo, sem consciência ecológica e sem qualquer noção de que estão destruindo dia após dia aquele paraíso na Terra.

São guias que incentivam os turistas a segurarem os frágeis animais marinhos, que não orientam a não pisar em corais, que sugerem levar conchinhas de recordação. Guias sem orientação nenhuma, mas onde eles vão se preparar se tudo é novidade de alguns anos ou décadas, se o país não tem uma boa infraestrutura nem mesmo nas grandes cidades? Dá pra julgar uma nação que enfrenta dificuldades com o poder de compra de sua moeda e vê no turismo a oportunidade de um futuro melhor? É difícil encontrar um equilíbrio.

Os paraísos estão em extinção. E a culpa é nossa.
Depósito de lixo no interior da Gili Trawagan

As “indesejadas” taxas ambientais

Quando chegamos à Ilha de Phi Phi, na Tailândia, precisamos pagar uma Taxa Ambiental de 20 baht por pessoa (R$2,00). Em Maya Bay (onde foi gravado o filme A Praia), a taxa sobe para 400 baht (R$40,00).

No Brasil, a maioria dos turistas já sabe que para entrar em Fernando de Noronha há uma taxa diária de R$68,74, além da taxa de preservação de R$10,00 para algumas trilhas.

Por muito tempo, fui imatura o suficiente para ter ódio dessas taxas. Hoje, vejo que essas taxas, se bem administradas, podem ser a solução para minimizar os impactos que o turismo tem causado na natureza e assim evitar que esses paraísos sumam da Terra em algumas décadas.

Como fazer a sua parte para minimizar os impactos ambientais

Embora muitas vezes a gente se ache pequeno diante dos problemas do mundo, fazer a nossa parte é o mínimo que podemos fazer para manter nosso planeta em ordem. Saiba como você pode ajudar a diminuir o impacto ambiental de suas viagens:

  • Evite comprar garrafinhas de água pequena o tempo todo. Se você vai passar mais de um dia no mesmo destino, compre uma garrafa de 5 litros e abasteça as garrafinhas menores quando for sair.
  • Leve sua sacola de lixo. Aproveite para catar aquele lixinho ao seu redor que alguém descuidado esqueceu. Lembre-se sempre: Se você pode levar sua comida e bebida, também pode carregar seu lixo de volta.
  • Preserve a natureza, não arranque flores, não pise ou toque em corais, não alimente animais.
Os paraísos estão em extinção. E a culpa é nossa.
Não estrague os paraísos!

Faça a sua parte. Nós só temos um planeta Terra e ele é lindo demais para ser destruído pelo turismo irresponsável.

Agora conta pra gente, qual paraíso você ficou triste em ver se destruindo?

Os paraísos estão em extinção. E a culpa é nossa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *