Curiosidades que talvez você não saiba sobre São Luís

hospedar no centro histórico de sao luis

Hoje, 08 de Setembro, a capital maranhense faz aniversário. Fundada em 1612, a cidade está completando 404 anos. Como homenagem à cidade, que foi meu lar por cerca de 15 anos, resolvi destacar algumas curiosidades sobre São Luís que deixam os turistas impressionados ao descobrir. Coisas que, normalmente, só se descobre quando se visita a cidade.

Curiosidades que talvez você não saiba sobre São Luís

1 – São Luís é uma entre as três capitais de estados brasileiros  que ficam em uma ilha.

Sério? Pois é. A gente até vê isso na escola, mas lembrar que é bom… A ilha onde fica localizada a cidade de São Luís é a Ilha de Upaon-Açu. Além de São Luís, fazem parte da ilha mais 3 municípios: Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar. Para sair da cidade por terra, a única forma é através de uma ponte no Km25 da BR135. Fora isso, somente de avião, barco ou ferry boat.

Curiosidades que talvez você não saiba sobre São Luís
Ilha Upaon Açu: Ligada ao continente por uma única ponte (uma segunda está em construção), a ilha é dividida pelos municípios de São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar

A propósito, você sabe quais são as outras capitais em ilhas?

2 – São Luís é a única capital brasileira que não nasceu lusitana

São Luís foi fundada em 8 de setembro de 1612 pelos franceses. Em 1614 os portugueses ganharam a batalha de Guaxenduba expulsaram os fundadores. De 1641 a 1644 os holandeses ocuparam a cidade. Mais umas vezes os portugueses ganharam a briga e é por isso que não falamos francês nem somos loiros holandeses por aqui. 🙂

3 – São Luís possui uma das maiores variações de maré do mundo

Curiosidades que talvez você não saiba sobre São Luís
Praia do Meio – Quando a maré baixa, formam-se algumas pocinhas na areia

A cada (quase) 12h um ciclo de maré ocorre em São Luís. A variação média é entre 5 e 6 metros. Isso é muito. Para você ter uma noção, em João Pessoa a maré varia cerca de 2 metros. Essa característica faz com que os barcos tenham horários diferenciados todos os dias. Por isso, não adianta querer saber qual horário da lancha para Alcântara, por exemplo. Você tem que saber qual o horário no dia específico que você quer (isso gera bastante informação errada nos blogs por aí!). Além disso, São Luís é um dos poucos lugares no Brasil em que é permitido andar de carro na areia da praia (Praia do Meio e Araçagy). Como a maré varia, a areia está sempre úmida e facilita a passagem dos carros.

4 – São Luís é conhecida como a capital do reggae ou “Jamaica Brasileira”

A cidade ganhou esse título na década de 80, quando o ritmo se popularizou na cidade. Hoje, grande parte da população curte o ritmo e existem várias casas especializadas na cidade. Umas bem populares, outras mais elitizadas.

Se você quer vivenciar essa cultura do reggae em São Luís, o mais tradicional é o Bar do Nelson (na avenida Litorânea ou na filial do centro histórico).

5 – A culinária maranhense pode ser bem diferente do restante do nordeste

São Luís tem uma culinária bem típica, que muitas vezes difere da tradicional nordestina. Se você quer experimentar pratos típicos de São Luís, não deixe de tentar o cuxá (puro ou misturado com arroz), purê de macaxeira (mandioca/aipim), peixe escabeche, peixada maranhense, caranguejo “toc toc” ao leite de coco, torta de caranguejo ou camarão seco. Ah! E tudo estará sempre com muito cheiro verde (cebolinha, salsinha e, principalmente, coentro).

Curiosidades que talvez você não saiba sobre São Luís
Caranguejo Toc-toc – Prato típico em São Luís

Para acompanhar, um Guaraná Jesus (o sonho cor-de-rosa) ou um suco de bacuri ou cupuaçu. De sobremesa, peça um creme também de bacuri/cupuaçu ou um bombom (aqui chamado trufa) com os mesmos sabores.

A noite, cai bem um cachorro quente maranhense – pão, salsicha, carne moída, salada, batata. Cachorro quente aqui não é cachorro quente se não tiver carne moída. A melhor pedida é o cachorro quente do Sousa, que está desde 1990 no estacionamento do Centro Histórico.

6 – O São João na cidade de São Luís é uma experiência diferente do resto do país

Eu não quero dizer que São Luís deva entrar na briga pelo título de maior ou melhor São João do mundo. O que tenho a dizer é que, sem dúvida nenhuma, é uma experiência bem singular. Eu até fiz um outro post, contando porque eu considero São Luís um dos três principais destinos para se curtir o São João no Brasil.

Aqui, a coisa não é somente turística. A população costuma curtir muito a festa e acompanha os shows com muita energia. Tem gente que se torna tão fã dos grupos, que os acompanha nas apresentações pela cidade.  Grande parte da população espera ansiosamente por essa época do ano.

Curiosidades que talvez você não saiba sobre São Luís

Além disso, entre músicas novas, roupas e ensaios,  a preparação das companhias para o evento dura o ano inteiro. Durante o mês de junho, a programação é intensa na cidade. As principais companhias chegam a se apresentar várias vezes na mesma noite, para atender os diversos arraiais espalhados pela cidade.

7 – Maranhense não “toma banho”. Maranhense “se banha”.

Na capital, e em todo o estado, banhar é verbo. Eu banho, tu banhas, ele banha. Dizer “vou tomar um banho” denuncia na mesma hora que você não é da terra!

Se está de viagem marcada para a cidade, não deixe de conferir nossas dicas para chegar do aeroporto até o centro da cidade e como funciona o transporte público em São Luís.

Se não reservou ainda sua hospedagem, veja excelentes opções de hospedagem em São Luís no Booking.com. Ao reservar pelo nosso link do Booking, ganhamos uma pequena comissão que nos ajuda com os custos de manter o site no ar, mas você não paga nada a mais por isso. Além disso, o Booking garante o menor preço e ainda existem inúmeras opções com cancelamento gratuito! Vale a pena conferir!

Agora queremos saber: quais as curiosidades sobre São Luís mais te surpreenderam?

Curiosidades que talvez você não saiba sobre São Luís

10 comments

  1. Nossa, que legal!! Fiquei com vontade de conhecer. Quem sabe na próxima vez que Jéssica for pra esses lados. Venham conhecer Natal pra fazer um post legal assim!!

  2. só uma correção para enriquecer mais seu post, a ilha se chamava Upaon Açu( que significa Ilha Grande em Tupi) e os seus habitantes eram os Tupinambá( etnia ameríndia predominante em quase todo o litoral brasileiro).

  3. São Luis é uma cidade maravilhosa. Tive uma grata surpresa porque não esperava tanto. Me hospedei no centro histórico que, com suas ruas estreitas e escadarias, nos fazem descobrir coisas incríveis em cada cantinho: um povo acolhedor, artesanato, museus, restaurantes aconchegantes, shows nas ruas e praças, uma experiência inesquecível. A parte moderna da cidade é muito linda também, ampla e arejada mas sinceramente, prefiro conhecer sua história através da arquitetura do Centro Histórico e de suas tradições como o Reggae e o Tambor de Crioula. Sem falar que com 4 horas de estrada cheguei aos lençóis maranhenses…ah…os lençóis…sem palavras!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *