Atrações Turísticas da Paraíba – Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes

Estação Cabo Branco

No dia 03 de julho é o aniversário de inauguração da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. Obra belíssima e característica de Oscar Niemeyer. O local é um agradabilíssimo complexo que abrange uma torre, auditório, anfiteatro e lanchonete. Fazia tempo que eu queria ir até lá conhecer, mas sempre perdia a hora: o funcionamento é de terça a sexta das 10 às 17h, e aos sábados, domingos e feriados é até as 18h. E fecha no horário exato, igualzinho a um banco. A torre: É a obra que mais tem a cara do Niemeyer. É um prédio suspenso sobre um espelho d’água com a rampa de acesso em caracol. São dois andares, além de um terraço em cima que tem uma vista linda da cidade. Cada um dos andares tem um bom espaço, usado para exposições. Quando visitei, o primeiro andar tinha uma feira de artesanato muito legal. Já no segundo […]

Continue Reading

Atrações Turísticas da Paraíba – São João da Paraíba

Mês de junho, mês de São João. Depois de passar 10 anos em São Luís e tentando entender um pouco da cultura junina de lá, hora de conhecer o São João da Paraíba. Já vi que mês de junho aqui é assim: forró, forró e mais forró. Não que isto já não esteja presente durante todo o ano, mas em época de São João, fica ainda mais forte. Mas o forró do qual aqui se fala, não é o forró comercial: aviões do forró e cia. Tou falando daquele forrozinho pé-se-serra, do trio de chapéu de cangaceiro, com triângulo, sanfona e zabumba. Muito bom de apreciar. É comum aqui, por exemplo, uma loja colocar um trio na porta pra tocar, só pra chamar a atenção dos consumidores. Também já vi vendedor dançando forró com uma nega-maluca. Outros pontos interessantes são as famosas Orquestra Sanfônica e Orquestra Forrônica. A criatividade do […]

Continue Reading

Atrações Turísticas da Paraíba – Farol do Cabo Branco

farol cabo branco

Em primeiro lugar, o que é um farol? Normalmente, é uma construção que tem a função de orientar os navios. Mas o farol do cabo branco é diferente. Quando foi inaugurado, em 21 de abril de 1972, a intenção era marcar o ponto mais oriental das américas, com as coordenadas 07° 09′ N 34° 47′ W. Sua arquitetura, é muito diferente dos faróis tradicionais e foi inspirada em um sisal, planta que foi muito importante na economia paraibana na fabricação de cordas. Ele é cartão postal e parada obrigatória de quase todos os passeios turísticos aqui em João Pessoa, mas muita gente nem sabe idéia do que ele representa ou de porque ele está ali. Bom, então quer dizer que esse cartão postal marca o extremo oriente das américas? Bom, na verdade não. “Mas Renata, decida-se! Não foi isso que você acabou de dizer?” Quase isso. 🙂 O que ocorre é […]

Continue Reading

Pôr-do-sol na Praia do Jacaré – Cabedelo/PB

Prada do Jacaré - Cabedelo - PB

Olá pessoal. Desde ontem aqui na capital paraibana só chove. Já são quase 24h sem cessar. Trancada dentro de casa e pensando no sol que teima em não aparecer, lembrei de contar pra vocês, sobre o famosíssimo Pôr-do-Sol na praia do jacaré. Pra quem não conhece, vou contar um pouquinho. Em primeiro lugar, a Praia do Jacaré, apesar do nome, não é praia. É um rio. Outra coisa, fica na cidade vizinha, Cabedelo. Mas na prática, vc quase não percebe que mudou de cidade. É bem próximo. O que tem lá? Um por-do-sol indiscritível, com um fundo musical do Bolero de Ravel, tocado pelo já lendário Jurandy do Sax, de dentro de uma canoa. Barzinhos à beira-rio, pra acompanhar uma caipirinha (ou uma cervejinha, pra quem prefere), uma carne de sol bem gostosa. Gosto de ficar no Bombordo bar e restaurante (é o último). Lá, antes do Jurandy entrar em […]

Continue Reading

Quanto tempo ficar em Fernando de Noronha

Decidir quanto tempo ficar em um destino é sempre um ponto muito controverso. Além da questão financeira, os objetivos de cada um também são diferentes e podem influenciar na decisão. Confira as nossas dicas, mas sempre leve em conta o seu ritmo de viajar. Tudo depende dos seus objetivos por lá, claro! Mas vou tentar dar uma ideia dos passeios, pra saber os que são conciliáveis ou não. Assim, você escolhe os passeios que quer fazer e aí decide quantos dias quer (ou pode!) ficar em Fernando de Noronha!

Continue Reading