fbpx

Real Botequim em João Pessoa: Uma boa pedida pro seu Happy Hour

O nome é de boteco mesmo. Ou melhor, de Botequim. Mas o ambiente é dos mais requintados. O Real Botequim é assim.
Barzinho dos mais agradáveis pra tomar um chopp e papear com os amigos. Estive lá na semana passada e fiquei simplesmente encantada.
E pra minha surpresa, ao comentar com amigos, descobri que na verdade é uma rede. Vasculhando pela web, descobri que tem em Natal, Recife, Belém, Fortaleza, Aracaju, Porto de Galinhas e (que os amigos campinenses não me leiam escrevendo assim) até em Campina Grande.
Mas em João Pessoa, há um diferencial. O Real Botequim fica no terraço do Mag Shopping, pequeno shopping na praia de Manaíra, o que garante uma bela vista do mar no fim de tarde.
A decoração do ambiente é uma graça! O teto, coberto com garrafas de cervejas vazias. Segundo Coca, o garçom, nunca caiu nenhuma, mas todos os presentes juram que elas balançam cada vez mais a cada hora que passava. Ou, a cada chopp. Enfim…
O controle dos chopps? Feito pelos porta-copos, que vão sendo deixados na mesa. Na pilha da foto aí em baixo contamos 64.
 
Uma das coisas mais legais (e mais traiçoeiras na hora da conta) é o atendimento. Lá, você praticamente não precisa pedir. O chopp cai magicamente na sua frente sem você perceber e os tira-gostos passam ao seu lado exalando seu melhor aroma. Um dos que mais fizeram sucesso por lá foi a coxinha de caranguejo. Para os que gostam e provaram, tava uma dilícia. A chata aqui, não gosta mesmo. Mas tinha de tudo: filé com queijo, espetinho de camarão, costelinha suína… E nada como esta última pra render algumas piadas da moda.
A ida ao banheiro, também é bastante divertida.A plaquinha indica Casa de Banho que, para quem não sabe, é como chamam a “casinha” em Portugal. Pequenos quadros nos remetem ao passado fazendo, por exemplo, propaganda da Kolynos, Maizena e Galak. Fora o fato de que os banheiros são os únicos lugares climatizados do bar. E, de fato, chegamos a sugerir colocar nossa mesa lá.
 
Contam que – não, eu não fui lá – no banheiro masculino, a parede atrás do mictório tem um estofado, bem na altura da testa. E as lendas dizem que esse estofado só é visível após o 5º chopp, quando você fato precisa dele. Algo como a sala precisa, dos livros do Harry Potter.
Na porta de cada um dos banheiros, a pessoa é obrigada a pensar um pouquinho. Olhar para as imagens e para saber qual é o feminino e qual o masculino.
 
Tendo em vista o grande poder embaralhador do álcool, recomenda-se fortemente ir ao banheiro antes do primeiro chopp. Caso não tenha feito isso, espere alguém sair do banheiro antes de decidir entrar.
O susto na hora da conta deve-se ao fato de se tornar impossível resistir às tentações. Mas quando a gente vai assimilando, vê que foi um preço razoável pra tanta besteira experimentada.
Simplesmente, a-m-e-i! Entrou na lista de paradas obrigatórias com minhas visitinhas, com toda a certeza!

Renata Marques

Nascida em Minas Gerais, filha de mãe mineira e pai paulista, passou parte da infância no Rio de Janeiro, morou em João Pessoa, fez intercâmbio em Londres e atualmente estuda uma possibilidade de se mudar de São Luís, onde já viveu por quase metade da vida. Mãe desde muito nova, filha desnaturada, esposa esforçada. Apaixonada por viagens e paisagens naturais. Servidora pública, fotógrafa e blogueira e em 2017 fez uma volta ao mundo de 1 ano com a família.

4 comentários em “Real Botequim em João Pessoa: Uma boa pedida pro seu Happy Hour

  • agosto 3, 2009 em 12:49 pm
    Permalink

    Rê… vou te contar… esse foi o M-E-L-H-O-R POST que vc escreveu… XOU DE BOLA!
    Esqueceu só do pequeno detalhe que lá tava quente que só a gota da moléstia! E que todos estavam querendo levar as mesas para o banheiro pq lá era CLIMATIZADO!!!
    AMEI! =)))

    Resposta
  • agosto 5, 2009 em 12:24 am
    Permalink

    Bacana, Renata! A descrição ficou tão boa que já tô com vontade de voltar lá…

    Resposta
  • agosto 5, 2009 em 1:05 am
    Permalink

    REIS:
    Obrigada pelo incentivo! 😉
    O post foi atualizado com o que você me refrescou a memória. Você sabe bem que ela não funciona.

    VINICIUS:
    Uma pena não ter dado pra ir lá hoje. Eu preciso de umas fotos melhores. Essas foram tiradas com o celular. Além do mais, hoje faltou muita gente. Acho que Chico vai ter que re-comemorar o aniversário!

    Resposta
  • novembro 4, 2009 em 2:50 pm
    Permalink

    Na última segunda, estive no giraffas e de lá deu pra perceber que o ambiente é muito bacana. E agora com uma apresentação tão minuciosa, será parada obrigatória quando passar por perto.

    Excelente post Rê. Bjs.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *