Lençóis Maranhenses – O que fazer, quando ir, como chegar, onde ficar

É dificil descrever a emoção que sinto cada vez que visito os Lençóis Maranhenses. Definir como paraíso é clichê, mas não há palavra mais adequada. O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses fica distante 250km de São Luís, no litoral do Maranhão. Continue lendo esse artigo para saber quando ir, como chegar, onde ficar e o que fazer nos Lençóis Maranhenses.

O que é o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses?

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (PNLM) foi criado em 02 de junho de 1981. São 1.550 km², dos quais quase 60% são constituídos de dunas livres e lagoas interdunares. Sua área é o dobro da área de São Luís e equivalente à toda a cidade de São Paulo.

+ Saiba mais: Portal dos Lençóis Maranhenses no site do ICMBIO-MA

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses abrange três municípios maranhenses: Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz. As duas primeiras cidades são os principais pontos de apoio para os turistas, além do povoado de Atins (Barreirinhas).

O grande charme do local é o contraste das dunas com as lagoas de água cristalina, variando em tons de azul, verde e caramelo. Você vai se impressionar, pode ter certeza.

Vista aérea dos Lençois Maranhenses
Vista aérea dos Lençois Maranhenses

Qual a melhor época para visitar os Lençóis Maranhenses?

Antes de pensar em quando ir aos lençóis maranhenses, saiba  que as lagoas dos Lençóis Maranhenses não permanecem cheias por todo o ano.

Por que as lagoas secam? As lagoas são de água doce, de origem pluvial. Elas enchem durante a temporada de chuvas e com o calorão a água vai evaporando, diminuindo o volume gradativamente nos meses seguintes. Algumas chegam a secar totalmente até a próxima temporada de chuva.

Por isso, para evitar a decepção de encontrar as lagoas secas, o ideial é programar sua viagem para os Lençois Maranhenses logo após o período de chuvas. Assim, você garante o visual mais impressionante possível.

Quando chove na região dos Lençóis Maranhenses ?

Na região, as chuvas geralmente começam em dezembro e seguem até junho. Vale lembrar que, embora chova, as temperaturas continuam sempre altas, nas proximidades de 30ºC.

Se chover bastante no ano, pode ser possível encontrar as lagoas cheias até o mês de setembro ou começo outubro. Em 2018, por exemplo, as chuvas foram tão intensas que a grande parte das lagoas não secou até o início da nova temporada de chuvas – mas isso não é comum.

Quando é melhor ir aos Lençóis Maranhenses?

Na média, os melhores meses para visitar os Lençóis Maranhenses são de junho a agosto. Dos meses de alta temporada, Agosto é um dos meses mais cheios, especialmente de turistas estrangeiros.

Para mim, no entanto, o melhor mês é JUNHO. Embora haja risco de alguma chuva, em junho é possível aproveitar a mesma viagem para conhecer os Lençóis Maranhenses e a festa junina do Maranhão, com o espetáculo do Bumba-meu-Boi.

+ Leia também: Lençóis Maranhenses, quando ir? Guia mês a mês!

Vale a pena visitar os Lençóis Maranhenses quando as lagoas estão vazias?

Mais ou menos. Visitar os lençóis quando as lagoas mais bonitas estão secas vai causar uma certa decepção. Afinal, não será muito parecido com o que você espera ver. Além disso, as lagoas mais perenes começam a ser muito frequentadas e, por isso, ficam um pouco sujas.

No entanto, se fora da temporada é a única data que você tem pra ir, diminua um pouco a expectativa, mas vá. Há passeios que te mostrarão belezas incríveis, mesmo na baixa temporada. Continue a ler o artigo que já já contaremos o que vale a pena. 😉

Como chegar aos Lençóis Maranhenses

Já comentamos que os Lençóis Maranhenses abrangem 3 municípios, mas vamos nos concentrar somente em dois, de onde saem os passeios.

O principal, mais conhecido e mais urbanizado acesso aos lençóis, se dá pela cidade de Barreirinhas, que possui uma estrutura turística razoável. Tem hotel, pousada, hostel, resort, restaurantes, bancos, internet. Tudo simples, mas dá pra se hospedar confortavelmente.

A outra opção é ir para Santo Amaro. No entanto, esta cidade tem a estrutura mais precária e o acesso é feito em carro tracionado. Mesmo com a nova estrada inaugurada em 2018, ainda não é possível chegar ao centrinho de carro comum.

Como ir de São Luís aos Lençóis Maranhenses

Para visitar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, você precisa escolher uma cidade para ser sua base. Pode ser Santo Amaro, Barreirinhas (centro da cidade) ou povoado de Atins. A partir dessa base, você fará os passeios que desejar.

Como ir de São Luís a Barreirinhas: Carro, van ou ônibus?

Barreirinhas está há 250km de distância de São Luís. A estrada atualmente é boa, por isso a viagem de carro costuma durar cerca de 3,5 horas.

Para ir de ônibus de São Luís a Barreirinhas são 5h de viagem com a empresa Cisne Branco. Em 2019, a passagem está custando R$60,00. Os horários de ida são 06:00; 08:45; 14:00 e 19:30. O retorno ocorre às 06:00, 09:00, 14:00 e 18:45.

+ Compre aqui: Passagem de ônibus de São Luís para Barreirinhas

Outra opção para ir de São Luís até Barreirinhas é usar uma van, de empresa turística. O trajeto costuma durar umas 4,5 horas. Essa é atualmente a minha opção preferida para ir a Barreirinhas, pois custa cerca de R$60 a R$70 reais e te busca no hotel (ou no meu caso, em casa).

Faça sua cotação de transfer com nossos amigos da DN Viagens e Turismo

Vale lembrar que carro em Barreirinhas é praticamente inútil, a menos que você se hospede em algum condomínio mais afastado. Ainda assim, para esses casos, eu acho melhor pegar um táxi da cidade.

Principais passeios para os Lençóis Maranhenses a partir de Barreirinhas

A partir do centro de Barreirinhas não é possível chegar ao Parque Nacional por conta própria. É necessário contratar um passeio, pois somente carros credenciados podem circular no parque.

Da cidade de Barreirinhas, existem diversos passeios. Os principais são os Circuitos de Lagoas (Circuito Lagoa Bonita e Circuito Lagoa Azul), além do passeio de barco pelo Rio Preguiças até o povoado do Caburé.

Como é o Circuito da Lagoa Azul, em Barreirinhas

Um dos circuitos de visitas às dunas e lagoas é o da Circuito da Lagoa Azul. Normalmente, o passeio é feito em uma Toyota Bandeirantes, que busca no centro de Barreirinhas e leva por um trajeto sacolejante de 40min de areia até um estacionamento.

Do estacionamento, o guia leva o grupo a caminhar pelas dunas, onde é feito um roteiro passando por algumas belíssimas lagoas.

Durante o passeio, não há nenhum ponto de apoio para compra de bebidas ou comida, por isso é importante levar água e um lanchinho. No entanto, nada de exagerar, pois será necessário carregar pelas dunas.

O passeio dura em média 3 a 4 horas.

Como é o Circuito da Lagoa Bonita, em Barreirinhas

O circuito da Lagoa Bonita é bem parecido, mas passando por outras lagoas. A principal diferença é que para esse circuito, após estacionar, precisamos vencer uma subida bem íngrime. Há uma cordinha para ajudar, mas é bem sofrida. Maaaas, depois de subir, o resultado é compensador.

De um lado, uma visão incrível, bem panorâmica das lagoas. Uma daquelas vistas que a gente nunca esquece na vida. Do outro lado, vegetação a perder de vida.

É lindo. E é por essa vista que esse é meu passeio favorito.

A parte boa é que depois do primeiro esforço, dá pra escolher diferentes lagoas para se deliciar. Nada de ter que caminhar muito mais.

O passeio dura em média 3 a 4 horas.

Como é o passeio pelo Rio Preguiças até o povoado do Caburé, em Barreirinhas

O passeio pelo Rio Preguiças foi uma grande surpresa pra mim. Nas 3 ou 4 primeiras vezes que estive nos Lençóis não fiz, e quando deu certo eu simplesmente amei!

O passeio começa numa lancha “voadeira”, um barquinho rápido pelo Rio Preguiças, fazendo paradas ao longo do caminho, em povoados como Vassouras, Mandacaru e finalizando em Caburé. No Caburé, há uma estreita faixa de areia, separando rio e mar.

Por ser um passeio que reúne as diferentes paisagens do ecossistema dos Lençóis Maranhenses, hoje, esse é o passeio que eu recomendo para quem vai aos Lençóis fora da temporada das lagoas cheias.

Você vê um resumão dos Lençóis Maranhenses em um passeio só!

De quanto tempo preciso para visitar os Lençóis Maranhenses?

Se você puder tirar alguns dias para curtir a região, seria ótimo! No entanto, o mínimo é uma noite. Nesse caso, é possível fazer um dos circuitos de lagoas a tarde, no dia da chegada e o passeio de barco no dia seguinte.

Se você não puder dispor de uma noite para dormir em Barreirinhas, o melhor é deixar a viagem aos lençóis para outra oportunidade.

Nesse caso, considere a alternativa de visitar as “fronhas Maranhenses“, um local também muito bonito, em dimensões infinitamente menores, mas fica somente há 23km de São Luís!

+ Leia também: Como é o passeio pelas fronhas maranhenses – as dunas da cidade da Raposa/MA

Dá pra fazer bate-e-volta de São Luís para os Lençóis Maranhenses?

Não recomendo, mas dá sim. Eu já fiz 3 vezes, de carro. No meu caso, saí às 04:30 da manhã de São Luís, e peguei o passeio das dunas pela manhã, por volta de 8:30. Retornamos do passeio, almoçamos e retornamos para São Luís. De ônibus fica um pouco mais difícil, pois saindo no ônibus das 6:00, você só consegue pegar o passeio da tarde (apesar de chegar 10:30 da manhã, mas normalmente não tem saída esse horário). Você faz o passeio da tarde, mas precisa garantir o retorno no último ônibus que sai 18:45. É bom combinar antes com o guia, para evitar problemas.

Outra opção, nesse caso, é fazer o bate volta com uma agência, que já vai com o roteiro fechadinho. Atualmente, há passeios bate-volta principalmente para Santo Amaro.

Lençóis Maranhenses - Barreirinhas/MA

Lembre-se ainda de levar um saquinho para recolher todo o lixo. Nada de esquecer as latinhas nas dunas!!! 🙂

Não há como definir essa maravilha. Nenhuma foto será capaz de mostrar a imensidão e a maravilha desse lugar!

Renata Marques

Nascida em Minas Gerais, filha de mãe mineira e pai paulista, passou parte da infância no Rio de Janeiro, morou em João Pessoa, fez intercâmbio em Londres e atualmente estuda uma possibilidade de se mudar de São Luís, onde já viveu por quase metade da vida. Mãe desde muito nova, filha desnaturada, esposa esforçada. Apaixonada por viagens e paisagens naturais. Servidora pública, fotógrafa e blogueira e em 2017 fez uma volta ao mundo de 1 ano com a família.

3 comentários em “Lençóis Maranhenses – O que fazer, quando ir, como chegar, onde ficar

  • fevereiro 11, 2009 em 12:50 am
    Permalink

    Primeiro: Adorei o POST!
    Segundo: vc me ganhou às idas aos lençóis, ainda falta falar sobre caburé
    Terceiro: eu fui de toyota, é horrível, parece q vc vai virar, cair do carro, pra qm gosta de aventura é perfeito, pra mim, medrosa ao extremo, horrível! Eu fui à tarde, vc tem toda razão, por-do-sol é P-E-R-F-E-I-T-O
    Quarto: Preciso voltar lá.
    Bjos

    Resposta
  • maio 23, 2019 em 11:30 pm
    Permalink

    Olá Renata, que bom post, uma pergunta para ir ao terminal de onibus desde o aeroporto o que onibus tenho que tomar, obrigado pela informacao

    Resposta
    • maio 24, 2019 em 10:13 am
      Permalink

      Oi Walter,
      Você terá que sair do aeroporto e andar até o retorno, onde passam vários ônibus (tem que atravessar a avenida). Lá praticamente todos os ônibus irão para a rodoviária.

      É mais ou menos em frente a essa escola: https://goo.gl/maps/NiAoUuQYM9eTMocH8

      Não recomendo fazer isso a noite. Melhor pegar um táxi ou Uber.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *