Ilha dos Lençóis – Cururupu/MA

Share on telegram
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Já conhece sua nova conta corrente nos Estados Unidos?

Use o cupom INDAVOULA e garanta 10 dólares de bônus 🤩

Destino pouco explorado, a Ilha Dos Lençóis, no Maranhão, é terra de belezas ainda desconhecidas pelo turista. Um lugar ainda tranquilo, para relaxar enquanto curte a natureza. 

Neste artigo, nós trazemos algumas curiosidades sobre a ilha e ainda, informações preciosas sobre como chegar, onde ficar e o que fazer.

Uma viagem até a Ilha dos Lençóis

Comecei a perceber o quanto a Ilha dos Lençóis é um local único ainda bem antes de chegar. A viagem no barco de pescadores, com gente simples, já mostrava que estávamos indo para um lugar realmente pouco conhecido.

No trajeto, primeiro seguimos pela baía, com a vegetação de manguezais nas margens.

Depois passamos por um trecho de mar aberto, um pouco mais agitado. Nesse trecho, passamos por alguns ranchos. São casinhas em alto mar, onde os  pescadores guardam a pescaria e dormem quando passam dias em alto mar.

Ilha dos Lençóis - Cururupu/MA

Por fim, começamos a contornar as ilhas do arquipélago Maiaú. Algumas são habitadas, como a comunidade Bate-Vento. Outras não. A última, é finalmente nosso destino, a Ilha dos Lençóis.

Ao chegar na Ilha, o desembarque é feito direto na praia/mangue. O barco em que fomos chegou até um certo ponto e depois uma canoa menor auxiliou levando até um pouco mais perto. A depender da maré, pode ser que os pés afundem. Tire os chinelos, fica menos difícil.

Ilha dos Lençóis - Cururupu/MA

Seguimos direto para a pousada, que reservamos por telefone no dia anterior. A pousada fica bem de frente à praia e a Renata, proprietária, já estava a nossa espera.

O que fazer na Ilha dos Lençóis

A grande pedida na ilha é caminhar meio sem rumo e curtir o que a natureza tem para oferecer. O mar, os mangues e os barcos de pesca dominam a paisagem. Os guarás que vêm se alimentar durante o dia completam o cenário. 

Além das praias, que também são a principal diversão das crianças locais, uma grande faixa de dunas se estende pela parte norte da ilha. Durante a estação chuvosa, algumas lagoas também se formam em outra faixa de areia. Imagino que lembre o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, em proporção bem menor, claro.

Com o sol intenso, e tendo ficado apenas uma noite, não fiz grandes caminhadas pela ilha. Mas nem foi preciso: o que vi foi o suficiente pra saber que o lugar é especial. No entanto, quem tiver um pouco mais de disposição de encarar o calor incessante pode até mesmo contornar a ilha a pé.

Não deixe de…

  • Curtir a tranquilidade e sossego da ilha.
  • Caminhar até a praia de “fora” da ilha, de mar aberto.
  • Subir nas dunas para apreciar o por do sol e ver a vila lá do alto.
  • Conversar com os nativos.
  • Observar os guarás, passáro típico da região, em sua busca por caranguejinhos.
  • Ver as lagoas que se formam, se for durante a estação chuvosa.
Ilha dos Lençóis - Cururupu/MA

Informações práticas

A Ilha dos Lençóis é uma pequena ilha, habitada por cerca de 300 pessoas, em mais de 100 casas espalhadas em suas ruazinhas de areia.

Já saiu em várias reportagens, como este vídeo da National Geographic, devido ao altíssimo índice de pessoas albinas. No entanto, esse índice tem diminuído porque os albinos têm migrado para outras localidades para fugir do sol constante que os torna muito vulneráveis a desenvolver câncer de pele.

Onde fica a Ilha dos Lençóis?

A Ilha Dos Lençóis está localizada no litoral ocidental do Maranhão, no arquipélago Maiaú, região das Reentrâncias Maranhenses. Embora pertença ao município de Cururupu/MA, está mais perto da cidade de Apicum-Açu .

O arquipélago faz parte do Polo Floresta dos Guarás.

É um polo com potencial turístico e que pelo mapa do Ministério do Turismo abrange 7 municípios (Apicum Açu, Bequimão, Central do Maranhão, Cururupu, Mirinzal, Guimarães e Porto Rico do Maranhão). O SEBRAE também tem feito alguns trabalhos na região, para ajudar no seu desenvolvimento.

Ilha dos Lençóis - Cururupu/MA

Cabe destacar, no entanto, que o turismo na região ainda está em fase de descoberta, até mesmo pelos próprios moradores.

Ilha dos Lençóis - Cururupu/MA
Mapa do Turismo. Fonte: https://mapa.turismo.gov.br/mapa/init.html#/home

Como chegar à Ilha dos Lençóis

A melhor forma de chegar até a Ilha dos Lençóis é de barco, partindo da cidade de Apicum-Açu. A travessia leva até 4 horas, mas pode durar menos dependendo da embarcação e das condições de vento e mar. Quando fui, a ida durou 3h30 e a volta 3h. 

Não existe uma linha regular nem passeios turísticos. É necessário “pagar uma carona” em um barco dos pescadores que fazem a rota com frequência. O valor (novembro/2020) é R$25,00 por pessoa na ida e R$15,00 por pessoa na volta.

Os barcos ajustam seu horário de acordo com a maré e com a vontade do barqueiro. Por isso, o ideal é dormir uma noite em Apicum-Açu, para conseguir organizar direitinho. 

Eu dormi na Pousada Frutos do Mar ((98) 98532-2956 / 98441-8524 ou clique aqui para enviar mensagem), bem pertinho do pier, mas sofri bastante com o barulho durante a noite. Logo na entrada da cidade, local bem mais tranquilo, estão o Hotel Aliança (98 98479-6883), que tem a melhor estrutura e o Hotel Zero Grau (98 98431-7449).

Para encontrar um barqueiro, é preciso sair perguntando no pier que os pescadores indicam alguém que vá para a Ilha dos Lençóis. No fim de tarde, o pier fica cheio de pescadores voltando de seus dias de trabalho.

Ilha dos Lençóis - Cururupu/MA
No píer em Apicum-Açu é onde encontramos a nossa “carona”

Pergunte pelo seu Antônio (foi quem me levou), seu Mário ou pelo Nango. O Nango é o dono da pousada Ilha dos Lençóis e você também pode agendar com ele para ir buscar, caso você esteja em um grupo de pelo menos 5 pessoas. 

Não há como ter certeza das saídas diárias de Apicum-Açu para a ilha, mas em geral, não é difícil conseguir alguém que esteja indo e/ou voltando. De qualquer forma, o ideal é que seus planos permitam pelo menos um dia de de flexibilidade para um caso de cancelamento por mau tempo, por exemplo.

Como chegar em Apicum-Açu

– De carro: saindo de São Luís, o melhor é pegar o Ferry Boat no Terminal Ponta da Espera com destino ao Terminal do Cujupe (Alcântara). A travessia, que dura entre 1h30 e 2h, custa R$86,24 para carros pequenos, incluído o motorista, e mais R$12,00 para cada passageiro adicional (valores em novembro/2020). Ao chegar no Terminal do Cujupe, segue-se em estrada por mais 265Km até chegar em Apicum Açu. O carro ficará estacionado em Apicum-Açu até o seu retorno.

Consulte os horários do Ferry e compre a passagem no site da ServPorto

– De van: Há vans regulares que fazem a rota de São Luís para Apicum-Açu. (Edney transportes (98) 98469-4706 ou pelo Whatsapp)

Onde ficar na Ilha dos Lençóis 

Em Novembro de 2020, a única pousada disponível é a Pousada Ilha dos Lençóis, do Nango e minha xará, a Renata .

Antes existiam outras 2 pousadas, mas em novembro/2020 elas não estavam mais funcionando. Só o seu Nango continua com as portas abertas no momento.

Pousada Ilha dos Lençóis

O ambiente é rústico, simples, e aconchegante. É um espaço que eles abriram na casa deles para receber os visitantes. Os quartos acomodam 2 pessoas e tem apenas ventilador. O banheiro é compartilhado com outros hóspedes.

Confesso que durante a noite o arcondicionado não fez falta, mas de dia o calor estava bem intenso. Mas, seu Nango armou duas redes na varanda, lá na entrada, e passei uma boa parte da tarde por lá vendo a maré secar e admirando os guarás.

O valor é cobrado por pessoa, incluindo a estadia e as 3 refeições principais (café da manhã, almoço e jantar). Vale lembrar que não há restaurantes na ilha, então é interessante incluir as refeições.

Valor em novembro/2020: R$120,00 por pessoa. 

Qual a melhor época para visitar a Ilha

A ilha dos Lençóis pode ser visitada durante todo o ano. No entanto, existe uma estação chuvosa bem demarcada (dezembro a junho). Cabe ressaltar que a partir de fevereiro, as chuvas costumam formar lagoas no meio das dunas da ilha, o que deve dar um charme ainda maior ao local.

A época seca vai de julho a novembro. Os meses mais chuvosos são março e abril, chegando a 380 mm de chuva no mês.

A temperatura não sofre grande variação durante o ano, as temperaturas mínimas chegam 23 graus em junho e a máxima beira os 34 graus. No entanto, a temperatura média na cidade durante o ano é de 27 graus Celsius. Mesmo com chuva, vai fazer calor.

Como combinar com outros destinos

A Ilha dos Lençóis faz parte do Pólo Turístico Floresta dos Guarás, no Maranhão, que inclui 7 cidades. 

O turista que estiver de carro terá facilidade de visitar outras cidades da região. Seu principal diferencial é a constante presença dos guarás, praias pouco exploradas e a culinária que tem como base deliciosos peixes e camarão sempre graúdo.

Outra possibilidade é retornar a São Luís e seguir para o litoral oriental, onde estão o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e o Delta do Parnaíba.

Ilha dos Lençóis: Destino para aventureiros

A ilha dos Lençóis, eu diria que ainda é um destino para os mais “aventureiros”. O desafio para chegar até a ilha afasta o turismo em massa.

Mas é exatamente isso que torna a ilha ainda mais única: a calmaria reina. 

Na Ilha, você não vai encontrar lojas de artesanato, sorveterias, restaurantes. Nada de passeios com hora marcada ou vendedores ambulantes. A exploração turística não chegou ao local. 

Se isso é ou não um problema, o seu nível de exigência é quem vai dizer. Eu vejo toda essa simplicidade como grandes responsáveis por manter a ilha como um verdadeiro refúgio. É perfeita para quem quer descansar.

Já conhece sua nova conta corrente nos Estados Unidos?

Descubra agora como abrir sua conta corrente nos EUA, mesmo morando no Brasil.

É sem taxa de abertura, sem burocracia e sem comprovante de renda.

Descubra como abrir sua conta americana digital e comprar dólar mais barato e ganhar um bônus em dólar na abertura. 

Use o cupom INDAVOULA e garanta 10 dólares de bônus 🤩

Curtiu nossas dicas?

Dê aquela forcinha ao nosso trabalho!
Ao fazer uma reserva nos sites que indicamos, ganhamos uma pequena comissão que nos incentiva a continuar produzindo tanto conteúdo gratuito e de qualidade. Ah! E você não paga nem um centavinho a mais por isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *