Estamos fazendo algumas modificações em nosso site e alguns links podem apresentar problema. Use nossa busca para encontrar o que procura!

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar

Share on telegram
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

O tema sobre milhas aéreas e os pontos do cartão de crédito sempre aparece nas rodas de conversa entre amigos e familiares. Percebo que muitas pessoas não fazem nem ideia sobre o potencial dos pontos e milhas. Essa publicação foi feita exclusivamente para você que quer começar a entender sobre esse Universo das Milhas Aéreas e dos Pontos do Cartão.

O que são milhas aéreas e pontos do cartão

As milhas aéreas são pontos que você ganha por manter um relacionamento com uma companhia aérea através de um programa de fidelidade. Você pode trocar por benefícios depois que acumula uma determinada quantidade de pontos para trocar pelo produto desejado.

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar
Calma que tem coisa melhor para fazer com seus pontos do cartão

Sabe quando você vai naquela pizzaria ou sorveteria e ganha um cartão fidelidade que te dá um sorvete grátis depois de comprar 10? A ideia é a mesma. 

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar
Os pontos do cartão são uma forma de fidelização do cliente

Hoje em dia, é possível acumular pontos tanto de forma gratuita como paga. O interessante é que você pode acumular milhas mesmo sem nunca ter voado, através de diversos produtos e serviços que você consome no seu dia a dia. E além disso, você também pode usar as milhas em várias possibilidades, desde viajar até pagar boletos só usando milhas.

Muitas pessoas também se perguntam qual a diferença entre milhas aéreas e pontos. Milhas e pontos são a mesma coisa, a diferença é que cada empresa define um nome para o seu programa. Na Smiles, por exemplo, você vai acumular “milhas smiles”. Entretanto, na Latam você acumula “pontos Latam Pass” e na Livelo você acumula “pontos Livelo”. 

Principais programas de companhias aéreas brasileiras

Os principais programas de companhias aéreas brasileiras são:

  • Latam Pass (antigo Pontos Multiplus) da Latam;
  • Smiles da Gol;
  • Tudo Azul da Azul.
Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar

Programas de fidelidade dos bancos

Além dos programas das companhias aéreas, existem também os programas fidelidade dos cartões de crédito e dos bancos. Cada banco tem seu próprio programa.

  • Livelo, do Bradesco e Banco do Brasil. Programa aberto para qualquer pessoa participar acumulando pontos de outras formas;
  • Esfera, do Santander;
  • Sempre Presente ou IUPP, do Itaú;
  • Pontos Caixa, da Caixa.
Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar

Além dos bancos tradicionais, muitos bancos digitais já possuem seu próprio programa e suas próprias regras de acúmulo e uso dos pontos.

Como juntar pontos no cartão

Até algum tempo atrás, muita gente achava que a única forma de ganhar milhas era voando com as companhias aéreas. 

O problema é que voar gera só um pouquinho de pontos, especialmente em passagens promocionais. Aí, para a maioria dos mortais que faz poucas viagens por ano, fica impossível juntar milhas suficientes para qualquer coisa. 

Isso aconteceu comigo por muito tempo. Eu fazia viagens esporádicas dentro do Brasil e ganhava aquela mixaria de milhas. Os pontos nunca eram suficientes para nada e mesmo juntando por dois ou três anos, era praticamente impossível fazer qualquer coisa com eles. 

Os pontos venciam e eu ficava frustrado em perder. E achava que aquilo não era pra mim. Por muito tempo, fiquei achando que acumular milhas era coisa pra gente rica ou empresários que viajavam muito.

Porém, existem diversas maneiras de acumular milhas no seu dia a dia.

Leia mais: Baixe nosso e-book 7 maneiras de acumular milhas

Como ganhar pontos com o cartão de crédito

O cartão de crédito é uma das formas mais comuns para acumular milhas. 

Por que? 

Simplesmente porque você pode transformar em milhas todos os gastos que você já tem hoje! Se o seu cartão acumula milhas, o ideal é trocar o uso do “débito” por “crédito” – desde que você não pague mais caro por isso, combinado?

+ Leia mais: O que te impede hoje de usar o cartão de crédito e como superar

Se você ainda não sabe quantos pontos você acumula usando seu cartão de crédito, pare agora mesmo de ler esse artigo e ligue para o gerente do seu banco. 

Existem diversos cartões no mercado. Alguns acumulam mais pontos, outros acumulam menos. Para acumular mais milhas, você deve ter o melhor cartão que a sua renda permita.

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar
Exemplo de pontuação dos cartões do Banco do Brasil

Vale lembrar que isso provavelmente terá um custo de anuidade, então é importante descobrir se o seu banco tem uma política de isenção. Geralmente os bancos isentam a anuidade desde que você tenha um gasto mínimo exigido pelo banco.

Como acumular milhas aéreas comprando produtos

Você sabia que compras nos diversos sites da internet pode te fazer acumular muitas milhas? 

Que sites são esses? Praticamente toda loja online que você imaginar! Netshoes, Ponto Frio, Magalu, Carrefour, Renner, Extra, Submarino, Americanas… 

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar

Imagine que você quer comprar um celular novo, no valor de R$1.000,00. Você pode entrar diretamente no site das Lojas Americanas e fazer a compra. Nesse caso, você vai ganhar pontos somente se o seu cartão acumular pontos. Mas existe uma forma melhor ainda.

Para acumular milhas extras comprando online, você precisa acessar o site do seu programa de fidelidade preferido (Livelo, Smiles, Latam, Tudo Azul,…) e procurar as “Lojas Parceiras”. É somente comprando através do link de parceria que a compra irá pontuar.

Ah! Normalmente, as compras acumulam 1 ponto para cada real gasto. Ou seja, no caso do celular você ganharia 1.000 pontos (além dos pontos que seu cartão de crédito fornecer).

No entanto, é bastante comum que os sites façam promoções, oferecendo entre 5 a 15 pontos por real. Se esperasse uma promoção dessas para comprar o celular de R$1.000,00, você poderia ganhar 15.000 pontos! Isso é o suficiente para uma passagem ida e volta de São Paulo a Recife, por exemplo.

Vale lembrar que você pode comprar praticamente qualquer coisa em sites parceiros: de arroz a computadores. 

Já imaginou transformar as fraldas do seu filho em milhas pra levar ele pra Disney quando ele completar 1 ano?

Como controlar suas milhas aéreas

Confiar somente no banco para “controlar” as suas milhas é como colocar uma raposa para tomar conta do galinheiro. Não vai dar certo. Os bancos e as companhias aéreas possuem um lucro gigante quando você deixa os pontos expirarem e, por isso, eles não se esforçam nem um pouco para te avisar para aproveitar.

Assim, controlar suas milhas é importante para que você não perca “dinheiro” e para que sempre possa aproveitar as oportunidades.

Controlando milhas aéreas e pontos do cartão com aplicativo

Você pode controlar seus pontos utilizando planilhas ou através de aplicativos. Eu, particularmente, controlo dessas duas formas.

Os aplicativos mais utilizados são o Oktoplus e o Awardwallet.

Eu escrevi um post bem completo sobre como utilizar o aplicativo Oktoplus para controle dos seus pontos e milhas.

Com o aplicativo do Oktoplus, você consegue controlar a quantidade de pontos dos seus programas de fidelidade além de ser notificado se tiver algum ponto expirando.

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar

Como comprar pontos e milhas aéreas

As formas mais comuns para comprar pontos são assinar os clubes ou comprar “lotes” de pontos. Cada companhia aérea e cada programa de fidelidade negociam as vendas diretamente em seus sites e possuem valores diferentes.

Comprar Pontos em Lotes

As vendas diretas são negociadas em lotes de 1.000 pontos. De forma geral, as empresas negociam os lotes num valor aproximado de R$ 70,00. Porém, as empresas lançam com frequência a possibilidade de comprar pontos com descontos que variam de 30 a 50%.

Comprar Pontos assinando clubes

Outra forma de comprar pontos é através dos clubes. Você pode fazer parte assinando clubes a partir de 1.000 pontos e custam R$ 35,00 no Clube Tudo Azul, R$ 39,90 na Smiles e R$ 42,90 do clube da Latam Pass.

Muitas vezes vale muito mais a pena assinar um clube do que comprar um lote de pontos.

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar

Compensa assinar os clubes dos programas

Se a gente analisar somente em relação a assinatura dos clubes ou compras de pontos, é um valor que normalmente não vale a pena. Entretanto, as empresas estão oferecendo benefícios extras que acabam gerando pontuações extras.

Dentre os benefícios oferecidos, tem dois deles que eu gosto muito. O primeiro é a pontuação extra no uso do cartão de crédito e a segunda é o bônus adicional na transferência de pontos entre os programas de fidelidade.

Além dessas pontuações extras, é possível também ter benefícios como fila prioritária de embarque ou despachar bagagem gratuita.

Como usar os pontos do cartão de crédito

Se você realmente não conhece muito sobre os pontos e milhas aéreas, você vai se surpreender com as possibilidades de itens que você pode usar com os pontos conquistados.

Vale entender ou lembrar que os seus pontos possuem um valor equivalente em dinheiro, então, existem alguns produtos que valem a pena fazer a troca e outros que não valem tanto.

É muito importante que você entenda quanto vale os pontos do cartão de crédito em milhas e em dinheiro. Aí sim você vai poder decidir o que pode ser mais vantajoso para o seu caso.

Transferindo os pontos para companhias aéreas

Se os seus pontos estão nos programas dos bancos tais como Livelo, Esfera, IUPP, etc., uma maneira de utilizar os pontos é transferindo os seus pontos para as companhias aéreas.

De forma geral, cada 1 ponto no seu banco equivale a 1 ponto na companhia aérea. Na média, exigem um mínimo entre 10.000 e 20.000 pontos para essa transferência, dependendo do banco e dependendo da companhia aérea.

Para o caso de transferência de pontos entre banco e companhia aérea, dê preferência para fazer essa transição quando estiver acontecendo promoção de bônus extras na transferência.

Cerca de uma vez por mês acontece uma promoção de transferência com bônus entre 70% e 120%. Ou seja, você praticamente pode chegar a DOBRAR os seus pontos transferidos.

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar

Trocando os pontos por produtos

Os programas de fidelidade possuem seus próprios “shoppings online”. Nesses sites, você pode fazer o pagamento de duas formas: a primeira é pagando de forma tradicional através do cartão de crédito ou boleto, a segunda é pagando usando os seus pontos.

Você pode trocar os seus pontos por produtos, eletrônicos, vale combustível, vale uber, diárias em hotel, aluguel de carro, passeios, serviços,… são muitas as possibilidades. Acesse e explore o site para descobrir tudo o que você pode fazer com os seus pontos.

Nesse caso, é muito importante você comparar quanto você está pagando pelo produto com pontos com o valor que ele custa em Reais. Muitas vezes, o produto sai muito mais caro em milhas (lembre-se que é possível vender suas milhas e usar o dinheiro para comprar o produto).

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar
Trocando milhas por ingressos

Pagando contas com pontos

É possível pagar suas contas e boletos no site do Banco do Brasil utilizando os pontos Livelo. Escrevi um post detalhado sobre como fazer essa operação.

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar

Como vender meus pontos e milhas aéreas

Existem duas formas de vender seus pontos e milhas aéreas: você pode negociar diretamente com algum parente, amigo ou conhecido, ou vender suas milhas através de empresas especializadas em vender milhas como a Maxmilhas e Hotmilhas.

Eu, particularmente, já vendi milhas por essas duas plataformas e nunca tive nenhum tipo de problema. Sempre me pagaram dentro do prazo planejado.

Você fazendo a venda direta para algum conhecido, o lucro da operação pode ser maior que vendendo através das plataformas.

Como eu não tenho interesse em ficar procurando por clientes e por passagens aéreas, acabo preferindo vender as milhas pelas plataformas online.

Milhas Aéreas e Pontos do Cartão: Guia para Quem Quer Começar
E-mail recebido pela Hotmilhas com agendamento de pagamento das milhas

Quanto custa uma milha aérea

Imagine a milha aérea como uma moeda mesmo. Todos os dias vai existir uma “variação de câmbio” assim como existe, por exemplo, entre o real e o dólar.

Atualmente, para vender as milhas da Latam, Smiles, Azul e TAP, os sites da Maxmilhas e Hotmilhas compram suas milhas num valor que varia entre R$ 20,00 e R$ 23,00 a cada 1.000 pontos.

Quando as empresas lançam promoção de transferência, vai ter muita gente vendendo e as empresas pagam menos por suas milhas. Se a demanda por venda de pontos está baixa, eles pagam mais no seu milheiro. Então, não tem como saber se daqui uma semana o preço vai estar mais ou menos atraente para venda.

O que fazer com os meus pontos do cartão?

Antes de mais nada, a única coisa que não pode acontecer é deixar seus pontos expirar. Agora, vou listar aqui o que você deve fazer com os seus pontos por ordem da minha preferência:

  1. Transferir os pontos do cartão para sua companhia aérea preferida (caso seus pontos estejam no Banco);
  2. Trocar por passagem aérea;
  3. Vender as milhas de forma particular ou pelas plataformas online;
  4. Trocar por produtos, vale combustível ou vale uber;
  5. Pagar contas se você tiver Banco do Brasil;
  6. Doação.

Enfim, existem muitas maneiras de utilizar seus pontos e, como eu disse acima, evite deixar que os pontos expirem.

Se ficou alguma dúvida nesse universo das milhas aéreas, deixe aqui nos comentários que teremos o maior prazer em te ajudar. Combinado?

Um abraço de Panda, e até a próxima viagem! =)

Curtiu nossas dicas?

Dê aquela forcinha ao nosso trabalho!
Ao fazer uma reserva nos sites que indicamos, ganhamos uma pequena comissão que nos incentiva a continuar produzindo tanto conteúdo gratuito e de qualidade. Ah! E você não paga nem um centavinho a mais por isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *