Nossos passeios no atacama – Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas

Definitivamente um dos passeios mais lindos do Atacama, e olha que tudo por ali é incrivelmente lindo. Acontece que Piedras Rojas tem algo mágico. O contraste de cores, os morros, a neve, o arsênico. Nem todas as agências de turismo oferecem o passeio pra lá, portanto, se você ficar interessado após ler o post (aposto que vai), certifique-se de encontrar uma agência que faça o percurso.

A empresa com a qual fechamos os nossos passeios fez o trecho Salar do Atacama, Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas e parece que tudo encaixou perfeitamente.

Esse foi o nosso segundo passeio no Atacama, acordamos bem cedo pra um dia cheio. A van nos buscou no hostel por volta das 06h da manhã. Fomos buscar mais algumas pessoas e partimos pra estrada.

Reserva Nacional Los Flamencos – Salar do Atacama

Nossa primeira parada foi no Salar do Atacama, um deserto de sal localizado a 55km de San Pedro. O Salar do Atacama tem mais de 3000km² e concentra diversas espécies de aves migratórias. No dia que fomos, observamos alguns flamingos.

Não passamos muito tempo ali, nem andamos muito. Ainda assim, vimos um contraste enorme de paisagens. Vejam as fotos do nosso lado direito

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Flamingos no Salar do Atacama

e do lado esquerdo

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Os flamingos lindos no Salar do Atacama
Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Não deixa o sol enganar, tava muito frio!

É uma mudança drástica (e linda). Eu jamais imaginaria que fosse possível um cenário desses morar exatamente ao lado do outro. Nosso guia nos falou um pouco da importância do Salar para a região, contou sobre as formações rochosa, os minerais ali contidos e nos deixou livres para passear um pouco.

A barriga de todos começou a roncar e partimos pra nossa próxima parada: o café-da-manhã em Socaire.

Café da Manhã em Socaire

Nós vimos diversas agências arrumando mesinhas e preparando um café para seus clientes lá no Salar. A princípio fiquei com uma pontinha de inveja de quem ia comer contemplando aquela paisagem, mas nosso café em um restaurante foi ótimo.

Além de ter sido uma boa oportunidade para conhecer os nossos colegas de van, estávamos num lugar quentinho e pudemos comer mais “a vontade”. Lá no Salar, foi uma dificuldade colocar os dedos pra fora das luvas para fotografar, imagina pra comer!

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Amei essa portinha <3

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas

O café foi bem completo, com pães, bolos, ovos, geléia, manteiga, leite, achocolatado e café solúvel (eles tomam muito café solúvel no Chile, eu particularmente não curto muito). Tudo incluso no preço que pagamos pelo passeio.

Depois de comer, voltamos para a van para encaramos mais algumas horas de viagens até Piedras Rojas.

Piedras Rojas

O percurso para Piedras Rojas foi absolutamente lindo. Neste trajeto, de novo fiquei impressionada em como a paisagem consegue ser ao mesmo tempo encantadora e distinta, a poucos metros de distância. No caminho cada curva era um flash.

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
A paisagem do lado esquerdo
Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Nossos companheiros de passeio
Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
E a paisagem do lado direito

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas

De um lado montanhas nevadas, do outro um campo marrom e amarelo, um relevo mais baixo e igualmente deslumbrante. Passamos algumas horinhas na van até nos aproximarmos das Piedras Rojas. O caminho é uma subida lenta e eu senti um pouquinho de dor de cabeça por conta da altitude, mas nada preocupante.

Quando estávamos chegando perto do lugar, nosso guia fez uma parada para que pudéssemos contemplar aquele cenário incrível. Mal pude acreditar que aquilo que eu via tão de pertinho, e  que conseguia tocar, era de verdade e não uma pintura.

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas

E finalmente chegamos às tão famosas Piedras Rojas, que são as pedras vermelhas. Ah, mas pedras vermelhas eu vejo no quintal aqui de casa. Aposto que não com uma lagoa azul turquesa pra ornar. A lagoa tem essa cor maravilhosa devido a enorme quantidade de arsênico contida nela. É incrível como algo tão lindo pode ser tão tóxico.

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Esse azul lindo é devido a quantidade de arsênico na lagoa
Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Essa cor <3

Apesar do cenário ser absolutamente deslumbrante, acredito que não conseguimos passar nem 20 minutos fora da van. Estava ventando muito e fazendo um frio absurdo. Chegamos até a ver um pouquinho de neve pelo chão, mas o vento estava castigando demais.

Infelizmente nós não estavávamos devidamente agasalhados para enfrentar o clima. Eu gostaria de ter passado bem mais tempo ali, ouvindo aquele vento ensurdecedor e pensando no quanto o universo é maravilhoso. Eu fico impressionada com esse poder que a natureza tem de nos colocar no nosso devido lugar. Quem sou eu, um grão de areia perante essa imensidão?

Lagunas Altiplanicas

Voltamos para a van, encaramos mais algumas horas de viagem e finalmente chegamos nas Lagunas Altiplanicas. Paramos na entrada da reserva e fomos caminhando para perto das Lagunas. A primeira que conseguimos ver é a Miscanti.

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas

O vento estava muito forte e o tempo bastante nublado, estávamos todos morrendo de frio. Não deu pra ficar muito tempo lá fora, nem chegar muito perto da lagoa. Aproveitamos o tempinho para usar o banheiro e voltamos pra van para seguirmos para a Lagoa Miniques.

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Trecho entre as lagunas
Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas
Lagoa Miniques

Caminhamos um bocadinho ao lado da lagoa Miniques e eu quase morri de frio! Meus dedinhos do pé congelaram, a ponta dos dedos das mãos também, meu nariz quase cai do corpo e os ventos eram tão fortes que chegava a nos empurrava um pouco.

Na foto dá pra ver o tanto de areia que o vento estava levantando. Era muuuito vento! O nosso guia disse que aquilo não era comum, normalmente não venta tanto.

Em dias ensolarados, as lagunas refletem toda a paisagem ao redor. Nós não demos a sorte de ver isso, mas isso não diminuiu nem um pouco a beleza do local.

Depois de admirar as Lagunas voltamos para Socaire, onde almoçamos e por fim, voltamos a San Pedro.

Dicas importantes para o seu passeio

  • Carregue sempre água com você e lembre-se de tomar, ainda que não esteja com sede. É importante manter-se hidratado, para evitar quaisquer problemas com a altitude.
  • Se possível use casaco corta-vento. O frio dói muito!
  • Não esqueça de levar o dinheiro das entradas.

Como na agência onde contratamos os passeios não haviam nos informado sobre o Salar, encarei como um bônus (muito bem vindo) na nossa programação. Nem todas as empresas fazem todos estes passeios de uma vez, e pra mim foi um presente incrível poder visitar tantos lugares lindos de uma vez só.

Eu não tenho dúvidas de que esse passeio foi o mais lindo de todos os que fizemos no Atacama. E aquele que mais me fez refletir sobre a vida e o universo. É muito tocante!

Você já visitou algum destes lugares? Tem alguma dica ou alguma pergunta pra gente? Deixa aqui nos comentários! Um abraço.

 

Nossos passeios no atacama - Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas

8 comments

    1. Oi Gisele,

      Fechamos nossos passeios com uma empresa chamada Janaj Pacha. É uma empresa que oferece o básico durante os passeios, mas com um preço bem acessível. Na rua Caracoles você pode encontrar algumas que oferecem pratos requintados nas refeições, bebidas alcoólicas e até mesmo músicos durante os passeios.

  1. Olá Carmina, muito obrigada por compartilhar informações honestas com a gente. Estou dias revirando a internet e só encontro blogs com parcerias estranhas que indicam as opções de passeios mais caras apenas por ganhar porcentagem. Enfim, tô feliz por ter encontrado seu site e gostaria de saber qual preço pagou por esse passeio. Vou para o Atacama agora em Março.Obrigada!

    1. Oi Olívia,

      Eu também senti muita dificuldade em planejar meus passeios pro Atacama pelo mesmo motivo. Deixa eu tentar esclarecer um pouquinho pra você.
      A cidade de San Pedro é bem pequena e tem uma rua principal, chamada Caracoles. Lá você encontra literalmente centenas de agências de turismo oferecendo diferentes pacotes. Ai basicamente existem dois tipos de agências: as caríssimas e as normais. As caríssimas são essas que vemos chover recomendações. Já as normais são as mais simples (mas nem por isso são baratas, os passeios no Atacama realmente custam caro).
      Passeando pela Caracoles você vai ver que os preços exibidos pelas empresas são basicamente os mesmos, mas quando você entra em alguma agência pra fechar pacote é que a mágica acontece. Por exemplo: você vai ver em frente a cada uma das agências que o passeio para o Valle de la Luna custa 8000 pesos. Mas quando você fecha um pacote esse valor pode cair até pra 6000, dependendo da empresa.
      A empresa com a qual fechamos nossos pacotes deu um desconto no valor total dos nossos passeios, então eu e meu marido pagamos 160.000 pesos para fazer: Valle de la Luna, Piedras Rojas, Salar de Tara e Geyser del Tatio.

      Espero que eu tenha conseguido ajudar.

      Um abraço!

  2. Olá, tudo bem? Achei incrível todas as dicas e explicações que você compartilhou. Eu estou planejando uma viagem ao Atacama em Dezembro, e quase não encontrei pessoas comentando sobre qual a melhor época para conhecer lá. Tenho dúvidas quanto a temperatura a noite no verão. Você viajou em qual mês? E você tem alguma noção sobre como é a temperatura em Dezembro? Muito obrigada pela atenção! 🙂

    1. Oi Renata, muito obrigada pelo comentário. É sempre um prazer poder ajudar.

      Bem, nos fomos ao Atacama na última semana de agosto e ficamos até o feriado de setembro. Essa é a época do inverno e pegamos um frio danado lá devido a uma alteração climática atípica (falei sobre isso aqui http://www.indavoula.com.br/2016/09/viajar-para-o-chile.html).

      No deserto as temperaturas oscilam bastante durante o dia, sendo a noite e o começo da manhã os horários mais frios. Durante o dia e a tarde costuma ser mais quente e se você for no verão, vai ser bem quente mesmo (tipo usar regata e shorts, mas coberta de protetor solar por favor!).

      Em dezembro é a época da primavera e é uma temporada muito gostosa pra conhecer o Atacama, porém trata-se da alta temporada, então tudo vai ficar muito mais caro que o normal (que ja é bem caro). Ainda assim, acredito que as melhores épocas para conhecer o Atacama sejam a primavera e o outono, quando as temperaturas estão mais amenas.

      Mas é importante que você vá acompanhado as temperaturas diariamente pra não passar pelo sufoco que passamos de frio por lá. Eu confio muito no the weather channel pra isso.

      Espero ter ajudado, um abraço!

      Carmina.

    1. Oi Luciana!

      Recomendo darem um passeio pela rua Caracoles e verificar quais agências atendem melhor a sua necessidade e expectativas de preços. Digo isso porquê a mesma van/guias atendem demandas de diferentes agências.

      Nós fechamos com a agência chamada Janaj Pacha e durante os passeios conhecemos pesssoas que haviam fechado seus passeios com outras empresas. Portanto minha recomendação é dedicar uma horinha pra visitar diferentes agências e ver qual te passa mais confiança!

      Neste post eu escrevi algumas dicas sobre escolha de agência no Atacama, dá uma olhadinha: http://www.indavoula.com.br/2016/10/principais-passeios-no-atacama.html

      Espero ter ajudado!

      Um abraço 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *