Onde e o que comer durante uma viagem

Você já fez muitas pesquisas sobre o seu destino e está seguindo nosso Guia de Planejamento. Então já deve estar com seu roteiro pronto e contando as horas para chegar o dia do embarque. Que tal pensar um pouquinho sobre como vai se alimentar durante a sua estadia?

A alimentação é fonte de energia para o nosso corpo e além disso, fazer boas refeições traz prazer, conforto e tranquilidade. Uma boa alimentação durante a viagem vai nos garantir mais saúde e disposição para fazer os passeios que planejamos com tanto carinho. Se você está viajando para um local bem diferente da sua cidade natal é importante tomar nota de alguns detalhes antes de sair comendo qualquer coisa por ai:

  • Pesquise sobre os pratos típicos da região, cheque se você é intolerante/alérgico aos principais ingredientes utilizados;
  • Aprenda a pedir pratos adequados para você. Se estiver viajando para outro país, aprenda a falar “Sou alérgico a ….” no idioma local;
  • Dê uma olhadinha nos principais temperos utilizados na região, você consegue comer pimenta tranquilamente? Em alguns locais mesmo os pratos com pouca pimenta podem ser fortes demais para algumas pessoas. Não custa nada se informar antes.

onde comer durante a viagem

Mas não para por ai, a culinária é um meio de imersão na cultura local. É uma forma de se envolver com as tradições de um povo. Saber o que eles comem, porque eles comem e como preparam é um aprendizado cultural maravilhoso. Acho super válido arriscar um pouco e experimentar pratos diferentes durante a viagem. Mesmo que seu orçamento esteja um pouco apertado dá pra fugir do esquema Mc Donald’s e Burger King todos os dias. Dá uma olhada no que o Anthony Bourdain fala sobre o assunto:

Será que realmente queremos viajar em popemobiles hermeticamente fechados pelas províncias rurais da França, no México e no Extremo Oriente, comendo apenas no Hard Rock Café e em McDonalds? Ou queremos comer sem medo, provando o ensopado local, experimentando a misteriosa carne de uma taqueria humilde, experimentando uma cabeça de peixe grelhada oferecida de coração? Eu sei o que eu quero. Eu quero tudo isso. Eu quero tentar tudo de uma vez.
-Anthony Bourdain, Kitchen Confidential: Adventures in the Underbelly Culinary

Que tal explorar um pouco da culinária local? Elaboramos algumas dicas para vocês arriscarem um pouquinho e, quem sabe experimentarem o prato mais saboroso ou significativo da vida inteira.

Visite os mercados/feiras de comida

Borough Market, um dos principais mercados de comida em Londres

As feiras e mercados podem ser um excelente ponto de partida para conhecer a comida de uma região. Nestes ambientes não são apenas comercializados produtos alimentícios, mas a cultura e os hábitos de um povo são revelados de maneira leve e natural. Além disso, você pode encontrar alimentos de diversas regiões do mundo passeando pelas feiras.

Faça como fazem os locais

Restaurantes em pontos turísticos movimentados costumam ser armadilhas para turistas. Provavelmente você vai pagar bem caro por um prato não muito atraente. Faça seu dinheiro valer a pena visitando os lugares que os habitantes locais costumam frequentar. As vezes só quem mora na cidade conhece aquele bistrô que fica numa portinha escondida e é super acolhedor. Peça indicações de restaurantes, cafés e bares bacanas aos gerentes da sua acomodação.

Considere fazer um “Food tour”

o que comer - comida coreana
Mesa típica Coreana

Se o seu negócio é comida, experimente fazer um food tour. São alternativas interessantes em locais onde o idioma é um desafio, ou onde iguarias específicas são procuradas. É uma excelente forma de aprender sobre a cultura, história e tradição de um determinado local saboreando deliciosas refeições.

Visite o restaurante de um chef que você admira

gordom ramsay restaurant - o que comer
Gordom Ramsay Pub and Grill, no Caesar’s Palace, Las Vegas

Você admira algum chef de cozinha famoso (ou nem tanto)? Não perca a chance de visitar um dos seus restaurantes e saborear um prato preparado por ele. É o tipo de programa que parece meio bobo, mas gera um arrependimento danado caso você não faça. Se for o caso, invista no que te faz feliz.

Dicas gerais de alimentação durante uma viagem

Mas se você não tem muito interesse em provar comidas diferentes e esse tipo de programação não te atrai, elaboramos algumas dicas de como se virar com alimentação durante a sua viagem. Não tem nada de errado em não querer experimentar pratos muito exóticos, cada um sabe o que o paladar tolera e como o seu corpo reage a cada tipo de alimento.

1 – Confira os supermercados da região

Dar um pulinho no supermercado pode te ajudar a se manter dentro do orçamento. Compre água para deixar no seu quarto e algumas opções de lanche para comer a noite e levar consigo durante o dia. Dessa forma você evita consumir itens do frigobar do hotel, que costumam ser muito acima do preço de mercado.

2 – Aproveite o que a sua acomodação oferece

Você está hospedado em um alojamento com cozinha? Aproveite-a! Não precisa perder tempo preparando um almoço ou jantar, mas considere preparar um café da manhã e utilizar o microondas para preparar pratos rápidos. Sua acomodação oferece café da manhã? Tome um bem reforçado antes de sair. Aproveite todas as vantagens que sua acomodação oferecer, afinal, você está pagando por elas.

3 – Leve na sua bolsa lanches práticos

Tenha a mão frutas frescas ou desidratas, castanhas, nozes, biscoitinhos, barrinhas de cereais, sanduíches naturais. Algo simples e prático que não vá sujar a sua bolsa inteira, pra enganar a fome durante os passeios até que você possa parar para fazer uma boa refeição.

4 – Evite comer no aeroporto

Aeroportos cobram preços caríssimos pelo lanche mais simples que você imaginar. Evite comprar comida por lá. Antes de ir ao aeroporto faça você mesmo alguns lanchinhos pra levar na bolsa e na hora da fome, ataque.

5 – Evite alimentos que te fazem mal

Você sabe quais são: Os alimentos que você deseja de todo coração, mas após comê-los sente-se desconfortável ou com indigestão. Lembre-se que você está longe da sua cidade de residência, não vai ser fácil, mesmo com planos de saúde ou seguro viagens, correr para um hospital. Você está fazendo uma viagem que planejou por tanto tempo e com tanto carinho, guarde sua disposição e energia para aproveitá-la da melhor maneira possível.

6 – Mantenha-se hidratado

É muito comum esquecermos de tomar água, principalmente quando estamos viajando e conhecendo novos lugares, encantados com tudo que aparece a nossa frente. Discipline-se a carregar uma garrafa de água com você e tomar alguns goles durante o dia. Você pode encher novamente sua garrafinha quando encontrar um bebedouro (dica: sempre tem bebedouro em rodoviárias e shoppings pelo Brasil) ou, em alguns países, pode abastece-la com tap water.  Além de manter seu corpo hidratado, você pode economizar um pouquinho já que em pontos turísticos a água pode custar muito caro.

Priorize o que é essencial pra você

Lembre-se que o importante, é comer alimentos que te mantenham disposto para aproveitar o seu passeio sem estourar o seu orçamento. Você está fazendo uma viagem planejada com tanto carinho, nada melhor que ter saúde e disposição para aproveita-la, não é mesmo?

Se você é daqueles ama comer, desbravar a culinária local e conhecer restaurantes famosos, vá em frente! Se essa não é a sua praia, confira as dicas que mencionamos pra fugir da mesmice. Você pode encontrar diversas opções e fugir dos sanduíches e lanches se pesquisar um pouquinho e pedir dicas e recomendações dos moradores locais.

Como você costuma fazer suas refeições durante suas viagens? Tem alguma dica bacana pra compartilhar com a gente?

Carmina Nascimento

Engenheira eletricista e apaixonada por livros. Nascida e criada em Manaus, morei um ano em Londres participando do programa de intercâmbio Ciência sem Fronteiras. Em 2016 realizei um dos meus maiores objetivos relacionados a viagem, o destination wedding.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *