É preciso contratar Seguro Viagem para o Chile?

Outro dia eu estava passeando pelo Facebook e me deparei com um relato que me chamou muito a atenção. Era o relato da Juliana, que precisou usar o seguro viagem no Chile e quis alertar os viajantes sobre a importância do seguro – mesmo para os países em que não há obrigatoriedade.

Achei interessante, pois até pouco tempo eu também não dava muita bola ao seguro viagem. No entanto, na minha volta ao mundo precisei usar o seguro 5 vezes, em 4 locais! Parece brincadeira, mas é a mais pura realidade. Contei todo esse hospitour nesse artigo.

Entrei em contato com a Juliana e ela topou compartilhar aqui com vocês a experiência. Espero que a experiência da Ju, somada com a minha, conscientize nossos leitores da importância de se fazer um seguro saúde antes da viagem!

Seguro Viagem Chile: Vale a pena contratar?

“Quero dividir com vocês uma experiência que vivi nas últimas semanas. Faz um tempo que estava buscando coragem para expor e compartilhar isso, pois acabei ficando um pouco abalada com o que aconteceu, então evitei por um tempo lembrar, rever as fotos … Porém hoje me sinto melhor, e pronta para narrar o ocorrido.

Em 14 de Dezembro eu tinha uma viagem marcada para o Chile, essa viagem como todas as outras que faço, foi programada com um tempo de antecedência para que eu pudesse me organizar financeiramente para realiza-la e pesquisar sobre os passeios que gostaria de fazer. Meu perfil sempre foi “ viajante farofeira” gosto muito de passear, conhecer novos lugares, mas sempre tenho um orçamento curto, e tento economizar o máximo que consigo, então todas as coisas são comparadas a uma diária de hotel ou uma refeição.

Sempre compro minhas passagens com o apoio de um agente de viagens, primeiro pela insegurança que tenho em “fazer cagadas” na hora da compra da passagem, e outra, pela comodidade de ter alguém com mais experiência me apoiando nisso.

Todas as vezes o agente me oferece o SEGURO VIAGEM em 90% das vezes eu nego, pois sempre acreditei que o valor investido nele pode ser melhor aproveitado em um restaurante ou passeio.

Nessa viagem não foi diferente, meu agente ofereceu o seguro ( R$ 48,00 ) e no primeiro momento eu neguei. Mas um dia antes da viagem eu resolvi fazer o seguro viagem para o Chile – porém com uma pontinha de remorso.

É preciso contratar Seguro Viagem para o Chile?
A Juliana curtindo no Chile, antes de ter os planos alterados por uma doença inesperada durante a viagem

Os primeiros sintomas

No dia do embarque, ao chegar no aeroporto eu comecei a sentir uma indisposição, uma dor no meu estômago e sintomas muito parecidos com má digestão. Na hora imaginei que algum alimento tivesse feito mal, comprei um remédio para o estômago e segui a viagem.

Chegando no Chile sob o efeito do remédio, eu estava melhor e dei início ao meu tão esperado passeio, porém o tempo passava o remédio deixava de fazer efeito, e novos sintomas surgiam , o primeiro sintoma a se juntar à dor de estômago foi a dor nas costas, depois a sensação de bexiga cheia e por fim o corpo todo dolorido como a sensação de quem está com uma gripe muito forte.

Eu não estava sozinha nessa viagem, fui acompanhada de uma amiga, e como alugamos juntas um carro, e programamos os passeios, eu tentava passar por cima da minha indisposição e dor, tomando meus próprios remédios, para que eu pudesse conseguir fazer com elas toda a programação sem atrapalhar a viagem.

Juro, se eu estivesse sozinha, teria procurado um médico já no primeiro dia, mas eu me coloquei em segundo plano. Fiz o possível para ser uma boa companheira de viagem e não estragar os planos.

Foi um grande erro. Não consegui aproveitar nenhum passeio, nenhuma refeição, passei os dias me arrastando. Até que a dor ficou insuportável – os remédios já não estavam mais fazendo o efeito.

Como foi acionar o seguro viagem no Chile

Expliquei para minha amiga que na hora se fez solícita. Entramos em contato com o Seguro Viagem e prontamente fomos encaminhadas à uma clínica próxima onde recebi os primeiros socorros. Meu primeiro diagnóstico foi uma possível Infecção de Urina, em estágio avançado. Fizeram todos os exames, fui medicada para o meu retorno ao Brasil. O atendimento foi de primeira, e o suporte que a seguradora e meu agente deram foi essencial.

É preciso contratar Seguro Viagem para o Chile?
A Juliana manteve o bom humor enquanto era atendida e medicada no Chile

Quando retornei ao Brasil, fui internada, e com base nos exames feitos no Chile e mais uma pancada de exames feitos aqui, meu diagnóstico final foi APENDANGITE EPOCLÓICA (trocando em miúdos: uma trombose na gordura do intestino grosso) , que causou essa infecção que passou para o meu estômago e parte renal.

Ou seja, a minha teimosia em não procurar ajuda e me auto medicar fez com que esta infecção caminhasse e piorasse todo o quadro clinico.

Então o que fica de aprendizado nessa história:

  • NUNCA FAÇAM UMA VIAGEM SEM FAZER UM SEGURO ( esses R$48,00 salvaram a minha vida )
  • É IMPORTANTE SIM SE POR NO LUGAR DO OUTRO, MAS NUNCA SE DEIXE PARA SEGUNDO PLANO.
  • COM SAÚDE NÃO SE BRINCA.
É preciso contratar Seguro Viagem para o Chile?
Ainda curtindo e ignorando a dor – erro que poderia ter implicações graves!

Ainda não consigo ver as fotos da minha viagem, ou contar sobre os meus passeios lá, pois me fazem reviver a sensação da dor. E meu intuito ao fazer esta postagem é para que ninguém mais passe por isso. Viagens são para marcar a nossa vida com momentos de alegria. Reviver as lembranças e rever a fotos devem trazer sentimentos felizes!!”

Qual o melhor seguro viagem para o Chile?

Para ajudar você a escolher com mais propriedade o melhor seguro para a sua viagem, fizemos algumas perguntinhas adicionais para a Juliana.

Qual a seguradora você contratou para cuidar da sua saúde no Chile?

Contratei com meu agente de viagens um seguro de cobertura mundial (exceto Estados Unidos e Brasil), com cobertura de 15.000 dólares da empresa VitalCard. Ele cobre inclusive gestantes e esportes.

É preciso contratar Seguro Viagem para o Chile?

Para 4 dias de viagem, o valor foi de R$48,00.

O plano foi o Max Plus Mundial US$15.000,00 (você pode contratar nesse site).

É preciso contratar Seguro Viagem para o Chile?
Algumas das principais coberturas do plano da Juliana – pelo qual ela pagou aproximadamente R$12,00 por dia!

Como foi acionar o seguro viagem no Chile?

Utilizei o telefone celular que estava na minha apólice. Chamei pelo WhatsApp e a  resposta à primeira mensagem foi em 5 min , e o retorno para indicar a clínica foi 25 min. Total de 30 min.

Eles perguntaram se eu poderia ir até uma clínica ou se eu queria que o médico fosse até o hotel. Eu optei pela clínica, e eles me enviaram o nome e endereço. Ao chegar, a parte burocrática foi muito tranquila. Só apresentei meu passaporte . O hospital já estava me esperando.

Você precisou pagar alguma coisa pelo atendimento?

Não desembolsei nada, nem pelo atendimento nem pelos medicamentos que tomei na clínica. Somente os medicamentos para casa que acabei comprando no Brasil então foram por minha conta. Se eu tivesse comprado no Chile, eles teriam reembolsado.

Vale a pena contratar seguro saúde para o Chile?

Com certeza! Por favor não sejam ignorantes como eu, não façam economias bobas.

Como contratar um seguro viagem para o Chile?

Você pode contratar o plano utilizado por ela (e comparar com várias outras opções) utilizando o nosso parceiro Real Seguros, uma empresa que confiamos muito e já utilizamos diversas vezes em nossas viagem!

É preciso contratar Seguro Viagem para o Chile?

E se você ainda não sabe nada sobre seguro viagem, seguro saúde e suas coberturas, confira nosso artigo Como escolher um seguro viagem.

Compromisso de transparência!
Sempre que você faz uma reserva usando nossos links, nós ganhamos uma comissão que ajuda a manter o site no ar e nos motiva a continuar postando dicas para você economizar nas suas viagens.

Ju, agradecemos muito que você tenha compartilhado a sua experiência! Que as próximas viagens sejam bem mais tranquilas!

É preciso contratar Seguro Viagem para o Chile?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *