Ano sabático: Sonhe, Planeje e tire seu sonho do papel

Share on telegram
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Planejar um ano sabático – e vivenciar essa experiência – pode parecer algo inimaginável para muitas pessoas. Neste artigo, vamos te mostrar como é possível transformar esse sonho em um projeto, e então tirá-lo do papel. Vem comigo!

+ Leia também: Como juntar dinheiro para viajar

O que é um ano sabático?

Um ano sabático é aquele em que você dá uma pausa no seu trabalho regular, para desenvolver outras atividades ou simplesmente descansar. Isso quer dizer, que o sabático é uma pausa na rotina.

Para muitas pessoas, o ano sabático acaba se traduzindo em viajar pelo mundo e vivenciar culturas, idiomas e conhecer pessoas por aí. Inclusive o meu foi assim, vou falar um pouquinho dele ainda neste artigo.  🙂

É comum, ao falar em período sabático, pensar em um ano, mas não precisa se prender a isso. Algumas pessoas escolhem períodos sabáticos menores ou maiores: 3 meses, 6 meses, 5 anos. Não tem nada de errado nisso.

monges budistas na tailandia
Vivenciar a cultura em outros países foi um de nossos motivadores

Período sabático e mochilão é a mesma coisa?

Pode ser, ou não. O período sabático significa um tempo que você vai tirar para você. E você pode sim realizar um mochilão durante o seu ano sabático, se essa for a sua escolha. Mas você também pode tirar um ano sabático para passar um tempo morando em um vilarejo de praia, numa cidade grande, ou até mesmo na sua casa. 

Origem do termo sabático

A palavra “sabático” tem origem grega (sabbatikós), e se incorporou hebraico “shabaton“. Para os hebreus, o termo refere-se a um descanso, seja no sétimo dia da semana (sábado) ou no sétimo ano, algo que para os judeus se estende inclusive para a agricultura.

Isso é tão forte que ainda hoje, em Israel, até mesmo os transportes públicos deixam de funcionar aos sábados.

#DicaIndaVouLa: Evite chegar ou sair de Israel num sábado para não ter que lidar com essa dificuldade logística.

3 Durante seis anos semearás a tua terra, durante seis anos podarás a tua vinha e recolherás os seus frutos. 4 Mas o sétimo ano será um sábado, um repouso para a terra, um sábado em honra do Senhor: não semearás o teu campo, nem podarás a tua vinha; 5 não colherás o que nascer dos grãos caídos de tua ceifa, nem as uvas de tua vinha não podada, porque é um ano de repouso para a terra.

Levítico, 25

É preciso ser rico para tirar um período sabático?

Simples e direto: não. Durante nossas viagens, conhecemos pessoas viajando com pouquíssimo dinheiro. Inclusive, algumas mais radicais que viajam até sem dinheiro nenhum – e vão desenrolando as coisas ao longo do caminho. Um trabalho aqui, uma refeição doada por ali.

Claro que a gente não precisa ir a esse extremo, mas acho que é preciso desmistificar a ideia de que só quem é rico pode realizar uma viagem assim.

Nunca vivemos em situação de extrema pobreza, mas lá no início da nossa jornada, passamos bons perrengues financeiros. Caso você não conheça nossa história, eu e o José Panda tivemos nossa filha quando eu tinha 18 anos. 

ruínas de tulum
Início da nossa jornada – Dois babies com uma baby.

Se, em algum capítulo da nossa história, já tivemos que caminhar cerca de 5 km de casa pro trabalho para não gastar o dinheiro da comida com transporte público, em outro demos literalmente uma volta ao mundo. 

Tudo que conquistamos até hoje foi construído degrau por degrau. E contamos um pouquinho sobre essa questão financeira no post Você não precisa ser rico para viajar, que escrevemos durante nossa preparação para o ano sabático.

Por que “largar tudo” e fazer um período sabático?

Existem vários motivos que levam as pessoas a se permitirem viver um período sabático. Algumas pessoas buscam autoconhecimento, escrever um livro, aprender um idioma ou fazer um curso longo no exterior – muitas vezes a rotina não deixa tempo para isso. Tem quem queira se afastar um pouco para se recuperar de algum trauma ou uma separação. E tem quem quer só porque é massa, sem um motivo mais específico assim em mente.

Quando eu tive essa ideia de fazer um período sabático, eu queria conhecer o mundo e conviver mais em família (eu, marido e filha), já que nos anos anteriores algumas mudanças de trabalho tinham feito a gente morar separado diversas vezes.

Reconectar a família, um dos meus motivadores para planejar um ano sabático

Algo muito importante de se lembrar é que não importa onde você vá, sua mente estará com você. Por isso, saiba que é bem provável que você talvez não consiga fugir de seus problemas simplesmente viajando.

Como se preparar para seu sabático

A preparação para um ano sabático é importante, embora o nível de detalhamento vá variar de pessoa para pessoa.

Já ouvi relatos de gente que só comprou uma passagem para algum lugar para semana seguinte e foi viajar. E tem quem planeje cada detalhe, desde comprar todas as passagens com antecedência até mapear todos os hospitais da região onde vai ficar.

Uma coisa é certa: quanto mais a gente se prepara, menos sofre com perrengues – embora eu ache meio inevitável passar por alguns.

Acho importante saber que existem algumas áreas para você planejar pelo menos um pouquinho, para tornar esse período mais prazeroso.

+ Leia também: Passo a passo para planejar uma viagem

Preparação financeira

Um dos pontos mais importantes ao se preparar para um período sabático é o planejamento financeiro. Você não precisa, necessariamente, juntar todo o dinheiro necessário para se manter durante o período, mas considero importante ter alguns planos nesse sentido.

Algumas formas de preparar financeiramente para um período sabático são:

  • Reduzir os gastos por um tempo para juntar grana para utilizar no período;
  • Buscar formas alternativas de renda extra para engordar a reserva da viagem;
  • Entender o funcionamento de plataformas alternativas para hospedagens, troca de trabalho por hospedagem;
  • Fazer uma lista de como você pode ganhar dinheiro durante o ano sabático, seja de maneira online ou localmente (inspire-se com outras pessoas que fizeram);
  • Acumular investimentos que possam gerar uma renda durante seu sabático;
  • Identificar a melhor forma de levar dinheiro para a sua viagem.
planejamento financeiro do ano sabático

Burocracias necessárias

As burocracias prévias para um período sabático irão variar do quanto você vai se afastar da sua rotina, da sua cidade, da sua vida atual. Alguns exemplos incluem:

  • Procuração para uma pessoa de confiança resolver problemas em banco e outras instituições (pense em problemas de DETRAN, aluguel de imóvel, resolver uma pendência na companhia energética);
  • Documentação para viagem, se for seu caso. Se vai para o exterior, é preciso preparar o passaporte, vistos, vacinas obrigatórias, seguro viagem; 
  • Encontrar e treinar substitutos, no seu trabalho ou na sua empresa. Pense em como deixar as coisas o mais independentes de você.
Viagem de Motorhome na Nova Zelândia
É preciso se planejar para usufruir de momentos como esse em seu ano sabático

Preparação psicológica

  • Buscar uma rede de apoio, pessoas que te incentivem nesse projeto;
  • Estudar um mínimo sobre a cultura do local que você irá, para minimizar os choques culturais;
  • Pensar em algumas coisas que possam dar errado – e já ter algumas ideias de como solucioná-las caso aconteçam;

Organização logística


    • Pensar nas experiências que você quer ter durante esse período e onde poderá vivenciá-las;
    • Comprar passagens, reservar hospedagens, pensar em roteiros, se o objetivo é viajar.
    planejamento de viagem
    Estudar os destinos fez parte do nosso planejamento

    Como eu me organizei para meu ano sabático

    O primeiro e mais importante passo para começar a planejar meu ano sabático foi acreditar na ideia. Eu achava que era completamente inalcançável, portanto precisei superar essa barreira. A partir do momento que eu aceitei, começou o planejamento – 1 ano e 5 meses até efetivamente cair na estrada. 

    Durante esse tempo, nós cortamos todos os gastos possíveis e imagináveis. Alguns simples, como deixar de ir para barzinhos e começar a fazer nossas baladinhas em casa, e outros mais complexos e polêmicos, como cancelar o seguro do carro e o plano de saúde nos últimos meses. Também geramos renda extra, de formas diversas. Alugamos um quarto do nosso apartamento pelo Airbnb, demos aula de inglês, vendemos livros e algumas coisas da casa que estavam sem uso,e várias outras coisas.

    Outra coisa que fizemos foi criar alguns projetos para trabalhar online (não foram para frente, mas nos ensinaram muito), fizemos cursos para nos ajudar nessa jornada, encontramos uma escola online para nossa filha que à época tinha 14 anos.

    Deixamos procuração bancária (que precisou ser usada logo no primeiro mês de viagem), vendemos o carro, atualizamos a carteira de vacinação e tiramos o certificado internacional de vacinação, emitimos a carteira de habilitação internacional.

    Roteiro e logística da viagem

    12 Fotos dos locais que a família panda visitou em 2017
    Nosso roteiro de volta ao mundo em 2017.

    Com relação à logística da viagem, estávamos super abertos. Então, compramos passagens apenas para os 2 primeiros destinos da viagem e assinamos plataformas para economizar com hospedagem (como o Trusted House Sitters). A compra da primeira passagem foi um marco muito importante nesse planejamento, pois foi quando de certa forma vimos as coisas ficarem mais concretas.

    Foi uma grande jornada até chegar lá! Mas posso garantir que valeu a pena. Os lugares e pessoas que conhecemos, as conexões que criamos, o quanto ampliamos a nossa visão de mundo. Nem temos como mensurar como isso foi transformador em nossas vidas.

    Aqui no blog temos vários relatos que escrevemos durante a preparação e a viagem do nosso ano sabático, e também fizemos um vídeo de retrospectiva, resumindo em 4 minutos um pouquinho das experiências que vivemos em um ano.

    Esse post te inspirou ou ajudou de alguma forma? Deixa um comentário contando para gente!

    Esse post faz parte do projeto Blog Every Day August, BEDA. Um desafio de postar no blog todos dias do mês de agosto. Leia mais sobre esse desafio no post de abertura. E confira também o índice com todos os posts já publicados do nosso BEDA 2021!

Procurando companhia para Viajar? #PartiuEgito

Estamos com vagas abertas para nossa VIAGEM EM GRUPO PARA O EGITO que vai acontecer de 12 a 23/10/2021.

Clique no botão abaixo e sabia mais sobre essa viagem incrível.

Curtiu nossas dicas?

Dê aquela forcinha ao nosso trabalho!
Ao fazer uma reserva nos sites que indicamos, ganhamos uma pequena comissão que nos incentiva a continuar produzindo tanto conteúdo gratuito e de qualidade. Ah! E você não paga nem um centavinho a mais por isso.

4 respostas

  1. Que experiência incrível!!!
    Amei suas dicas e acredito que realmente vai ajudar quem pretende cair na estrada para um ano sabático.
    Concordo muito com você em relação a necessidade de se preparar emocionalmente para uma viagem dessas. Existe muito a ideação e a realidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site armazena informações de forma anônima para melhorar sua navegação.
Para saber mais sobre como tratamos seus dados, consulte nossa Política de Privacidade.