Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

Ao montar nossa viagem na Tailândia, resolvemos fazer um pouco diferente da maior parte dos turistas. Decidimos dormir duas noites em Chiang Mai para aproveitar bem os templos e atrações da região. Nesse artigo contamos o que fazer em Chiang Rai em 1 dia, e, ainda, se vale a pena passar a noite ou se é melhor fazer um bate-volta.

Onde fica Chiang Rai?

A cidade de Chiang Rai está localizada no extremo norte da Tailândia, próximo à fronteira com Laos e Myanmar. Chiang Rai é conhecida por seus templos, tribo das mulheres girafas e a oportunidade de dar uma esticadinha até o Laos.

Acessível por ônibus, passeio bate-volta ou através de seu pequeno aeroporto, a cidade está há cerca de 200km de Chiang Mai, de onde é possível fazer um bate-e-volta.

Durante nossa viagem, vimos que seria possível voar direto de Chiang Rai para o sul e resolvemos passar a noite para aproveitar melhor.

Como chegar em Chiang Rai

Para visitar Chiang Rai é possível ir de ônibus, avião ou fazer um bate-volta. Vamos contar a nossa experiência e te ajudar a decidir o que vale mais a pena pra você. 🙂

Passeio bate-volta a Chiang Rai

Por falta de tempo e devido à distância que parece pequena, muita gente escolhe fazer um passeio bate-volta a Chiang Rai. Embora a distância seja aproximadamente 200km, a viagem chega a durar de 3 a 4 horas (cada trecho). Assim, serão cerca de 8 horas do dia perdidos em deslocamento. 

Esse é um passeio bem longo e cansativo. No entanto, se essa é sua única chance de conhecer Chiang Mai e você quer muito conhecer seus templos, vá sim! Acho que o templo branco, em especial, vale a pena por ser muito único.

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Templo branco: a principal atração de Chiang Rai

Para ir de bate volta a Chiang Rai, você pode contratar um passeio na sua hospedagem em Chiang Mai.

Se preferir já ir com tudo certinho saindo do Brasil, você pode reservar um passeio através do Get Your Guide.

+ Veja opções de passeio bate-volta a Chiang Rai

Ônibus saindo de Chiang Rai

Essa foi a nossa opção!

Os 200km do trajeto podem ser percorridos em cerca de 4h com a empresa Green Bus.

Nós compramos a passagem em uma agência na feirinha na Chiang Mai e, assim, não precisamos ir até a rodoviária (que é um pouco afastada). A passagem custou cerca de R$18,00 por pessoa (valores em setembro/2017).

+ Veja a tabela de ônibus da Green Bus

Voos para Chiang Rai

O aeroporto de Chiang Rai, embora pequeno, opera voos para diversos destinos da Tailândia. Você vai conseguir encontrar voos diretos de/para Bangkok, Phuket e Hat Yai (perto de Koh Lipe).

Nós utilizamos apenas para sair da cidade, voando a Hat Yai, o aeroporto mais próximo de Koh Lipe, literalmente cruzando o país de norte a sul, em 3h de voo! Nossa escolha foi a companhia low cost da AirAsia.

+ Veja as opções de voo do aeroporto de Chiang Rai

Onde ficar em Chiang Rai

Se você vai ficar somente uma noite em Chiang Rai e pretende fazer um passeio para visitar as atrações, a localização não é tão relevante pois o passeio deve te buscar no hotel.

No entanto, nos hospedamos e recomendamos o Baan Malai Guest House. O hotel é bem simples, mas muito arrumadinho, café da manhã gostoso e funcionários muito simpáticos. Foi lá que organizamos nosso passeio por Chiang Rai com um excelente motorista!

+ Clique aqui para fazer uma cotação no Baan Malai Guest House para suas datas!

Quais os melhores passeios para conhecer Chiang Mai

Na recepção do hotel havia um caderno com as opções de passeios: 900 baht/pessoa (R$ 90,00) de ônibus turístico ou 1.800 baht (R$ 180,00) um carro privativo com motorista que pode ser dividido para até quatro pessoas (450 baht/pessoa – R$45,00). Como éramos quatro pessoas, fizemos a opção de carro privado e assim pudemos também personalizar nosso passeio. A partir de duas pessoas, já vale a pena!

+ Leia também:

O que fazer em 1 dia? Nosso roteiro

Como nosso passeio era só para nosso grupo, pudemos personalizar o roteiro, mas seguimos a sugestão do nosso guia/motorista. Escolhemos alguns dos pontos mais tradicionais, e adicionamos um local um pouco menos visitado também, de onde tivemos uma linda vista do por do sol ao fim do dia.

#1 TEMPLO BRANCO DE CHIANG RAI

Apesar de termos visitado diversos templos pela Tailândia, o Templo Branco de Chiang Rai conseguiu nos surpreender. O Wat Rong Khun (ou templo Branco como é conhecido por estrangeiros) foi reconstruído por um artista da cidade que investiu seu próprio dinheiro. Foi nossa primeira parada do dia e o local já estava simplesmente lotado. A entrada para o templo custou 50 Baht (R$ 5,00).

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

As decorações do templo vão além dos itens budistas. Muitos itens remetem a demônios e fazem analogia ao inferno. Na entrada para o templo principal, um mar de mãos brotam do chão parecendo suplicar para sair do sofrimento. Bem bizarro.

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

Na parede dentro do templo principal, você vai encontrar uma pintura com vários personagens da televisão: pokemon, indiana jones, michael jackson, minion, super homem, homem aranha, ben 10, hellraiser, etc. São vários os personagens, incluindo até mesmo Osama Bin Laden e as torres gêmeas. A ideia por trás é ilustrar que nenhum super-herói poderá salvar o mundo. Apenas Buda.

#2 TEMPLO AZUL DE CHIANG RAI

O templo azul de Chiang Mai ainda não é muito conhecido e nem explorado pelos turistas, mas já está entrando no roteiro de muitos passeios. O templo principal já está terminado e encanta com suas construções azuladas. Os artistas e pintores são da mesma escola dos que produziram o Templo Branco. O templo principal abriga o Buda em cor branco perolizado com uma luz azulada que emite um efeito sensacional. A parte exterior do templo ainda estava em construção quando visitamos, mas ainda assim achamos que valeu a pena.

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

#3 CASA NEGRA (BLACK HOUSE)

A Casa Negra é chamada por alguns de Templo Negro, mas na realidade ele é um museu de arte obscuras. O artista possui suas criações cheias de morte e escuridão. Um fascínio pelo lado mais obscuro da humanidade. A casa fica no meio de uma pequena floresta, o que torna tudo ainda mais sombrio. Esse foi um dos locais que menos curtimos no passeio, porque não soubemos apreciar a arte rs.

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

#4 TRIBO DAS MULHERES-GIRAFAS (LONG NECK VILLAGE)

Essa vila possui 6 tribos de diferentes regiões, cada uma com seus costumes, cultura, música, vestes e artesanato. Nós éramos praticamente os únicos naquele momento, então toda a atenção dos moradores estavam voltados pra gente.

A principal fonte de renda deles é o artesanato, então eles fazem quase de tudo para te convencer a levar algum souvenir. Além dos artesanatos, eles possuem um local de cerimônia onde cantam e tocam seus instrumentos. Ao final da cerimônia, também é esperado uma gorjeta.

Esse é mais uma das polêmicas atrações turísticas da Tailândia. Há pessoas que defendem que essa é a única forma de renda hoje, dessas tribos e outros que acreditam que existe uma exploração pelo governo em cima das mulheres da vila.

De todo modo, esse foi um local que nos sentimos muito desconfortáveis. Não voltaríamos.

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

#5 PLANTAÇÃO DE CHÁ

Depois de visitar a Tailândia, ficou quase impossível não pensar em Chá Verde como uma bebida típica do país. Mas não só da bebida tradicional vive a Tailândia. Você pode encontrar o chá verde em suco, iogurte, pasta com leite de coco, geleia pra pão e até mesmo como recheio de Kit Kat.

Durante nosso passeio em Chiang Rai, visitamos uma das maiores plantações de chá de Chiang Rai na província de Doi Mae Salong. O local possui uma paisagem como os terraços de arroz, vários mirantes ao longo do caminho para tirar fotos e apreciar o local, além de cafeterias chiques servindo várias opções de bebidas, do tradicional chá ao milkshake com feijão vermelho. Curtimos muito esse local!

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

#6 MONKEY CAVE

Próxima parada foi a Monkey Cave. Simplesmente bem maior do que imaginei, majestoso! Na entrada os funcionários te entregam uma arma (uma vareta de pau) que você poderá utilizar caso o macaco se aproxime muito.

Subi uma escadaria gigante por dentre as rochas até um mirante e a entrada principal da caverna. Já era umas 16 horas e estava simplesmente assombroso. Eu era a única alma viva do local. Fui até a abertura da caverna ver se tinha algo diferente ou se tinha algo para ver. Estava tudo muito escuro e sombrio. Me dei por vencido e voltei sem conhecer o interior gelado da caverna.

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

#7 GOLDEN TRIANGLE

O Golden Triangle é o ponto onde fica a tríplice fronteira entre Tailândia, Myanmar e Laos. Do lado da Tailândia mesmo, há um mirante e uma praça com imagens do Buda e estátuas de elefantes que completam o cenário. Lá você pode encontrar também o Museu do Ópio (droga pela qual a região já foi conhecida).

Existe também um passeio de barco até Laos onde você irá visitar um mercado de artesanato com a famosa cachaça de serpente. Para entrar em Laos, brasileiro precisa pagar pelo visto, mas você é dispensado para visitar esse mercado (mas também não ganha carimbo no passaporte) Rs.

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

#8 CIDADE ANCESTRAL

Nós não quisemos fazer o passeio de barco no Golden Triangle (pretendemos ir ao Laos de forma decente depois), nem visitando o museu, então sobrou tempo para visitarmos mais um ponto. Nossa última parada foi num templo budista que fica no alto da cidade ancestral de Chiang Saen. 

Com construções datadas do século VII, o local foi indicação do nosso motorista e de lá pudemos contemplar um belíssimo por-do-sol. Um local de muita paz e perfeito para encerrar nosso dia em Chiang Mai! Adoramos

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia
Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

CONCLUSÃO: Melhor fazer bate-volta ou dormir na cidade?

Gostamos muito de pernoitar na cidade de Chiang Rai. Achamos que dessa forma economizamos e ainda aproveitamos melhor o tempo na cidade. É o que chamamos de escolha inteligente. 🙂

O aeroporto da cidade possui voos para diversos locais da Tailândia, inclusive para as praias. Por outro lado, os passeios bate-e-volta saindo de Chiang Mai serão mais caros e bem mais cansativos.

A única vantagem é que alguns passeios bate-e-volta partindo de Chiang Mai incluem uma ou duas paradas antes de chegar em Chiang Rai, como os gêiseres onde você pode cozinhar um ovo naturalmente.

Apesar dessa possibilidade, acreditamos que fizemos uma boa escolha em dedicar uma noite na cidade e assim ter um dia inteiro para esse passeio. Além disso, conseguimos ótimos valores de voos saindo de Chiang Rai, o que fez valer a pena ainda mais.

Conta pra gente: qual opção você vai fazer?

Monte sua viagem com nossos parceiros!
➥ Encontre as PASSAGENS aéreas mais baratas
➥ Reserve seu HOTEL com cancelamento gratuito
➥ Encontre o melhor SEGURO VIAGEM e parcele em até 6 vezes sem juros
➥ Compre ingressos e passeios com segurança
➥ Alugue CARRO sem pagar IOF
* Compromisso de transparência: Reservando qualquer serviço através de nossos parceiros, o blog recebe uma pequena comissão. Assim, conseguimos manter o blog no ar e continuamos a compartilhar as melhores experiências com nossos leitores!

Chiang Rai: Como ir e o que visitar em 1 dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *