O que fazer em Cancún: 7 experiências IMPERDÍVEIS na região

Perdido com tanta informação e não sabe o que fazer em Cancún? Normal. Quando a gente começa a planejar uma viagem, pode não ter ideia do que priorizar: tudo parece imperdível!

Por isso, criamos esse artigo com as melhores experiências para você saber o que é melhor fazer em Cancún e região. Algumas delas, você não vai encontrar em nenhum outro lugar no mundo. Por isso, não deixe de experimentar.

+ Leia também: Como ganhar dinheiro com suas fotos de viagem

#1- Tomar um banho no mar da Playa Norte em Isla Mujeres

O mar é lindo em toda a região de Cancún, mas há algo especial na Playa Norte, em Isla Mujeres.

É lá que você vai encontrar as águas mais tranquilas e transparentes da região. O pôr-do-sol é de tirar o fôlego! Se você não pensou nisso ainda, considere a ideia de se hospedar uma noite na ilha.

Ao chegar na ilha, caminhe até o hotel que fica pro lado direito de quem está de frente para o mar e encontre águas rasinhas e muitos peixes.

Dica: Os peixinhos ficam depois da ponte de madeira! 

Playa Norte - Isla Mujeres - Experiências em Cancun
+ Leia também: Grupos de viagem no Whatsapp para Cancún e outros destinos!

#2- Se maravilhar com um cenote

Quem vai à Riviera Maia e não conhece um cenote, deixou de fora uma das experiências mais únicas da região.

Enquanto você pode encontrar mar azul-caribe em vários países, os cenotes são uma exclusividade Mexicana (pelo menos eu não encontrei nenhuma informação de cenote em outros locais).

o que fazer em Cancún Cenote
Cenote – Uma das coisas mais lindas para se ver e fazer em Cancún

Os cenotes são formações geológicas subterrâneas que foram se enchendo de água com o tempo e formaram rios subterrâneos de incríveis águas cristalinas. Existem cenotes para todos os gostos.

Dois dos mais famosos são Ik-Kil (que pode ser combinado com o passeio a Chichén Itzá) e o Dos Ojos, bem pertinho do parque Xel-Há. Você pode somente apreciar, mergulhar com cilindro ou fazer somente snorkel. Fiz o snorkel guiado e foi incrível! Sem dúvidas, essa é uma das melhores experiências em Cancún!

+ Leia também: Índice completo com dicas para organizar sua viagem a Cancún

#3- Visitar uma ruína Maia

Pra mim, uma das experiências mais enriquecedoras numa viagem é conhecer um pouco da cultura local. E não dá pra entender a civilização maia sem visitar as suas ruínas!

Se você tiver mais tempo, o ideal é encarar a viagem até Chichén Itzá (200km a partir de Cancun, 180km a partir de Playa del Carmen). Além de ser super preservada, Chichén Itzá é uma das 7 maravilhas do mundo moderno!

Já Cobá, um pouquinho mais perto, é a única das ruínas que permite que você as escale. Mas, se seus dias na região estão contadinhos, você pode visitar Tulum, que fica mais perto e, de quebra, é a única de frente para o mar.

+ Leia também: Tulum, a combinação perfeita de ruínas e mar do Caribe
Chichen Itza - Experiências do que fazer em Cancun
Carmina e Fábio em Chichén Itzá

#4- Caminhar pela 5ª avenida em Playa del Carmen (e tentar encontrar o fim)

Tem coisa mais gostosa que passear na 5ª avenida de Playa del Carmen

Imagine uma avenida inteira cheia de lojinhas de artesanatos e restaurantes gostosos e aconchegantes, pra você passear no fim de tarde, depois de ter curtido aquela praia gostosa. Essa é “La quinta avenida”, um dos lugares mais legais pra passear despretenciosamente em Playa del Carmen, perto de Cancún.

+ Leia também: Qual seguro viagem escolher para Cancún (com relato de quem precisou usar de verdade!)

#5- Fazer mergulho em Cozumel

Muita gente imagina que o mergulho é um esporte totalmente inacessível pra quem não tem curso, mas isso não é verdade. Qualquer pessoa em boas condições de saúde pode mergulhar!

Você não precisa nem saber nadar!

Desde que você não possua nenhuma fobia de se imaginar debaixo d’água, você pode fazer um “batismo” ou “discover”, que é o mergulho para iniciantes. Nesse caso, a gente tem algumas orientações básicas antes de mergulhar e na hora de ir pra água vai sempre acompanhado por um guia.

Se você não acredita que é fácil assim, saiba que minha filha de 13 anos fez a estreia dela em Cozumel. E amou!

+Leia também: Dicas para aproveitar a ilha de Cozumel

Vocês não tem ideia de como o mundo debaixo d’água é incrivelmente lindo! Especialmente se esse “mundo embaixo d’água” fica em Cozumel, mar do Caribe, né?

#6- Ter uma experiência all-inclusive

A gente é fã de economia, mas uma extravaganciazinha de vez em quando pode deixar a viagem mais charmosa.

Como sou a favor de experiências acima de compras, acho que vale a pena economizar nos souvenirs e curtir uma experiência de all inclusive!

Não precisa ser muitos dias. Pode até ser num parque, como o Xel-há. O que vale é ter drinks e comidas a vontade e experimentar essa sensação.

Se você resolver se hospedar num hotel com tudo incluso em uma pequena parte da sua viagem, minha sugestão é deixar para os últimos dias. Assim, você encerrará a viagem com chave de ouro e todos os perrengues ficam para trás! Nós ja contamos como é se hospedar num all inclusive em Cancún.

+ Leia também: All inclusive vale a pena? Relato da primeira vez

#7- Ir a um parque aquático/natural – Xcaret ou Xel-Há

Cancún possui vários parques deliciosos para a gente curtir a natureza. Cada um desses parques tem um foco diferente, mas todos são excelentes alternativas de entretenimento. Apesar de não ser exatamente baratinho, a diversão é garantida. Eu estive tanto no Parque Xel-Há como no Xcaret e não me arrependo. No entanto, se tiver que decidir, leia o nosso artigo Xel há ou Xcaret: Qual o melhor parque em Cancún?

Xcaret - Experiências em Cancun

O Xel-há é um parque aquático, mais voltado pra curtir a água – snorkel, piscinas naturais, praia…

Um pequeno detalhe é que ele é all-inclusive! “All you can eat, drink and snorkel”. Tá incluso desde comida, bebidas, até toalhas e lockers!

Já o Xcaret, apesar de também ser um parque aquático, é famosíssimo pelo show de encerramento, que mostra a cultura mexicana. Ficamos fascinados!

+ Cupons de desconto: Xel-Há | XCaret | Seguro Viagem | Chip de celular

O que você acrescentaria na lista?

Renata Marques

Nascida em Minas Gerais, filha de mãe mineira e pai paulista, passou parte da infância no Rio de Janeiro, morou em João Pessoa, fez intercâmbio em Londres e atualmente estuda uma possibilidade de se mudar de São Luís, onde já viveu por quase metade da vida. Mãe desde muito nova, filha desnaturada, esposa esforçada. Apaixonada por viagens e paisagens naturais. Servidora pública, fotógrafa e blogueira e em 2017 fez uma volta ao mundo de 1 ano com a família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *